Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Lugares.


Alentejo, em Portugal, ganha terceiro título da UNESCO.
Cante alentejano, estilo de música tradicional da região, é classificado como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.
O cante alentejano, gênero musical típico da maior região de Portugal, foi tombado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Este é o terceiro título recebido pelo Alentejo, já que tanto o centro histórico da encantadora cidade de Évora como as belíssimas Fortificações de Elvas são Patrimônio Mundial.


Centro Histórico da cidade de Évora

Fortificações de Élvas





Caracterizado pela música entoada por grupos de corais que cantam sobre o cotidiano, o amor, o trabalho no campo e a melancolia, o cante é uma das mais belas expressões artísticas do Alentejo. 

Hoje em dia, os turistas podem ver estes coros trajando roupas típicas e resgatando uma tradição secular única.
A base do projeto que valeu ao cante o título de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO pretende valorizar e salvaguardar um bem que é um dos maiores símbolos da identidade, força e caráter do povo alentejano.
Para o Turismo do Alentejo, a conquista deste selo é, acima de tudo, uma homenagem à região e ao seu povo. 

É o reconhecimento da grandeza de um bem de identidade singular de um território que se qualifica e ambiciona a certificação, apostando no que é único e diferenciador.










“O selo da UNESCO vai contribuir, em muito, para o processo de internacionalização da região”, diz Vítor Silva, presidente da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo.
Para a entidade de turismo, o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade atribuído ao cante vai permitir alavancar a promoção do destino Alentejo nos diferentes mercados turísticos.
A preparação dos trabalhos técnicos e científicos que sustentaram a candidatura ao Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade tiveram início em 2011 e foram lideradas pela Entidade Regional de Turismo e a Câmara Municipal de Serpa.
Para otimizar a promoção e comercialização destes importantes selos, o Turismo do Alentejo está elaborando um Plano Operacional de Suporte ao Desenvolvimento e Dinamização do produto "Patrimônio da Humanidade no Alentejo”. 

Faz parte disso a valorização de dinâmicas turísticas como a criação de programas de visitação, edição de livros de prestígio e requalificação de patrimônio edificado. 

Para o cante, já no próximo ano serão fundadas Casas de Cante e serão criados roteiros em torno desta expressão cultural.


Post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.