Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Venezuela é país mais corrupto da América; Brasil é 79º.


Venezuela é país mais corrupto da América; Brasil é 79º
Brasil aparece na 79ª posição em ranking de 176 países


A Venezuela é o país mais corrupto da América Latina e está entre os 10 mais corruptos do mundo, informou a ONG Transparência Internacional nesta quarta-feira (25).

Protesto ocorrido nesta terça-feira em Caracas pede eleições gerais na Venezuela
Foto: EFE.
O país está na 166ª posição em um ranking de 176 países e sendo pior avaliado que o Haiti (159ª) e Guatemala (136ª). 
O Brasil aparece na 79ª posição entre as nações mais corruptas do mundo.
No continente latino americano, o país mais bem avaliado é o Uruguai, que aparece na 21ª colocação, seguido por Chile (24ª), Costa Rica (41ª) e Cuba (60ª). 
De acordo com o ranking, há um empate entre Nova Zelândia e Dinamarca no topo da tabela dos menos corruptos.

Oposição rompe diálogo
Além da péssima notícia sobre a corrupção, os venezuelanos souberam nesta quinta-feira (26) que as conversas para tentar por fim à crise política no país fracassaram.
Através de nota, a oposição venezuelana - que pertence à Mesa de Unidade Democrática (MUD) - informou que encerrou os debates por falta de compromisso por parte dos governistas. 
Os debates eram apoiados e mediados pelo Vaticano e pela União das Nações Sul-Americanas (Unasul).
"O experimento de diálogo que foi levado adiante na Venezuela entre 30 de outubro e 6 de dezembro do ano passado é um capítulo fechado e não haverá uma segunda parte", informou em nota o MUD.

post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.