Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Somos todos belos mentirosos.




Uma das coisas que me irrita profundamente em um mundo tão superficial quanto às redes sócias (e agora aqui vi que já estou sendo superficial, bastando para isto estar preocupando-me em escrever sobre isto) é o fato de certas pessoas passarem-se nestas redes sociais por seres que possuem uma fé inabalável.
Digo isto, eis que não consigo dentro do que já vivi, acreditar que uma pessoa tenha, no seu amago, na sua totalidade, puramente e limpidamente uma fé do tipo ou dita inabalável e me baseio nisto por achar que como humanos somos falhos e sendo falhos somos, obviamente, abaláveis.
Prefiro pensar nisto, mais propriamente sobre a fé inabalável, como uma busca de algo que nunca se alcança, ou seja, o próprio exercício da fé se dá através do pensamento de que um dia, em se querendo, você será um ser de fé inabalável o que é inatingível, e que junto com tudo isto, as pessoas com suas inúmeras postagens sobre fé, Deus, Jesus, correntes insuportáveis e por ai vai tentam mostra-se seres de fé inabalável (fortalezas) diante de tudo e todos, enquanto não o são ou sequer exercitam isso realmente.
Passar para os demais o que não somos ou supervalorizar algo que temos e não deixar os outros dizerem que somos, autopromoção.
Talvez o que mais ocorra nas redes sociais e, sendo assim, somos todos mentirosos, pois por estarmos por detrás de uma tela podemos dizer e ser o que bem quisermos e costumamos querer ser o que não somos, fato que por si só nos faz mentirosos. 
Exercitamos a mentira nos autopromovendo.
Para melhor explicar tudo isto achei esse vídeo de um de meus mentores intelectuais, o filósofo Luís Felipe Pondé.
Confira. 

Quem se acha do bem, é na verdade do mal - Luiz Felipe Pondé


post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.