Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Falando nisso.


Por educação financeira, especialista defende ida de crianças ao mercado.


Quando chega a hora de fazer compras no supermercado, muitos pais preferem que os filhos fiquem em casa para evitar compras supérfluas. 

Entretanto, com tal atitude, perde-se uma grande oportunidade de educar as crianças financeiramente, alerta Álvaro Modernell, diretor da Mais Ativos.
“Levar as crianças ao mercado pode resultar em uma integração maior entre pais e filhos, além de ser uma ótima maneira de oferecer lições práticas de educação financeira com mais naturalidade”, afirma.
O especialista explica que a garotada pode facilmente gostar do programa se for proporcionado algo agradável e lúdico. 

“Os pais podem criar uma gincana de comparação de preços e tamanhos de embalagem, para descobrir a mais econômica e se as promoções são verdadeiras falsas.”
Outra boa maneira para evitar os pedidos dos filhos durante as compras é estabelecer um limite de gasto para cada criança.
“Com esse dinheiro, elas terão direito a comprar o que desejarem. E, assim, com seu próprio dinheirinho, passarão a dar mais valor do que ganhar facilmente algo através do dinheiro dos pais”, garante o educador financeiro.
“A estratégia fará com que os filhos pesquisem e decidam o que adquirir, em vez de ficarem fazendo birra ou querendo ir logo embora”, completa Modernell.
Sobre Álvaro Modernell



Especialista em educação financeira, diretor da Mais Ativos, palestrante e autor de vários livros, projetos, cartilhas e artigos sobre o assunto. Entre suas obras estão Zequinha e a porquinha Poupança, O pé de meia mágico, O Poço dos Desejos, Paulina e o Ipê-amarelo, Versinhos de Prosperidade, O Tesouro do Vovô, Quero ser rico e Tem que pagar? Quanto custa?.
post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.