Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

domingo, 2 de novembro de 2014

Lugares.


10 experiências para viver na Turquia.
A Turquia é um país de contrastes, sabores, cores e aromas. O exótico país dividido entre Europa e Ásia abriga uma das paisagens mais impressionantes da Terra na Capadócia, os mercados de Istambul, a riquíssima cultura, tesouros dos tempos do império otomano e uma infinidade de mesquitas. 

Uma viagem à Turquia pode render inúmeras experiências e agradar todos os tipos de turistas.

1- Voar de balão na Capadócia


A bordo de um balão é a forma mais emocionante de apreciar as chaminés de fada da Capadócia. 

As formações rochosas resultado de lavas vulcânicas e ação dos ventos pontuam a paisagem do centro do país e na antiguidade serviam até de moradia. Hoje as torres abrigam museus, antigas moradias de cristão e até alguns hotéis de luxo. 

Apreciar toda a vista ao amanhecer em um céu colorido por cerca de 200 balões de ar quente é uma das experiências para se viver na Turquia

2- Fazer um cruzeiro pelo Rio Bósforo


Em Istambul, não deixe de embarcar em um dos catamarãs que cruzam o Rio Bósforo, que marca a fronteira entre Europa e Ásia. 

No passeio é possível ter uma visão privilegiada dos principais pontos turísticos da capital – como a Torre de Gálata e a Torre de Leandro – e ainda observar o cotidiano dos turcos, como pescadores sobre a Ponte do Bósforo, além é claro admirar o skyline da cidade que mistura modernidade e arquitetura otomana pontuada por inúmeras mesquitas.

3- Pechinchar no mercado das especiarias ou no Gran Bazar




Fazer compras na Turquia é experiência antropológica das mais divertidas. Pedir descontos não é só uma maneira de economizar, mas é mostrar respeito e compartilhar dos rituais de uma civilização que têm o comércio com principal atividade desde os persas. 

É possível exercer a arte de pechinchar desde o sorvete que se compra na rua a tapetes que facilmente alcançam os 4 dígitos em euros. 

No Gran Bazar e no Mercado das Especiarias, verdadeiros templos de consumo, a negociação pode durar por horas, sempre regada a chás de maça. Comece oferecendo metade do preço anunciado e faça bons negócios.

4- Conhecer as mesquitas








Independente de qual seja a fé do viajante, entrar numa das mesquitas é poder desfrutar de um momento individual de espiritualidade e chance única de conhecer a essência do povo turco e sua história. 

E nem precisa ser a Mesquita Azul, mais conhecida pelas filas de turistas do que propriamente pelos azulejos azuis.  

Como qualquer local de importância religiosa, homens não podem entrar vestindo bermudas e mulheres devem cobrir pernas, braços e a cabeça.

5- Se encantar com os castelos de algodão em Pamukkale





A Turquia é cheia de paisagens que lembram cenários de contos de fadas. 

É caso de Pamukkale, com suas formações de araucárias em cascatas que lembram degraus que ao longe se parecem com algodão. 

Muitos viajantes procuram a cidade para conhecer as formações curiosas e se valer das propriedades medicinais das águas termais. 

Devido à fragilidade das piscinas naturais e pela água que se torna cada dia mais escassa, não é permitido se banhar ali. 

Mas nada impede de contemplar o cenário que se torna ainda mais bonito ao entardecer, quando os raios de sol colorem as águas.

6- Conhecer as ruínas de Éfesos






Éfesos ostenta as ruínas mais bem preservadas da Europa.

No auge do Império Romano, a cidade foi a segunda maior potência do mundo, com cerca de 250 mil habitantes. 

Pelas avenidas forradas de mármore é possível avistar as colunas do templo do Imperador Adriano, a Biblioteca de Celso e um belo anfiteatro. 

Ainda em Éfeso, no Monte Koressos, é possível visitar o local onde os cristãos acreditam que foi a última Casa da Virgem Maria. 

Além de uma pequena capela, há um muro para postar bilhetes com pedidos para a Santa.

7- Assistir apresentação dos dervixes rodopiantes






Em Konia, monges islâmicos praticam rodopios como forma de adoração a Deus. Os dervixes rodopiantes, como também são conhecidos, praticam a dança como um culto religioso mas é possível também aos turistas assistir a celebração.

8- Comer kebab e tomar chá de maça nas ruas de Istambul




Entre os quitutes regionais, se destaca o kebab, carne de cordeiro com especiarias envolta no palito acompanhado de salada de tomates e pepinos e pão sírio. 

A iguaria agrada diferentes paladares. Já o chá de maçã corresponde ao café para os brasileiros.

9- Ir para as baladas no bairro de Taksim




Istambul não conta só com heranças culturais do império otomano. A capital vibrante e moderna e o centro financeiro têm lugar em Taksim. É neste bairro que a noite esquenta em Istambul com restaurantes, bares e baladas. 

Há de tudo: música brasileira, eletrônica, árabe. A sugestão é rodar pelas ruas do bairro até encontrar uma balada com seu perfil.

10 - Apreciar a vista da cidade do alto da torre de Gálata






A torre de Gálata, com seus 66 metros de altura, domina a paisagem de Istambul. É o melhor ponto da cidade para apreciar o por do sol. Aproveite e fique para o jantar em restaurante com visão de 360 graus.

Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.