Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Controlar a ansiedade é possível? - por Beatriz Rodrigues




Beatriz Rodrigues - Mestre em  Educação pela Universidade de Jàen na Espanha; Psicanalista Clínica; Palestrante; Psicopedagoga Clínica e Institucional; Pedagoga ; Especialista em neurociência
Facebook: Psicanalista Beatriz Rodrigues ; beatrizpsicanalista@gmail.com       
Controlar a ansiedade é possível?
Por Beatriz Rodrigues
            Controlar a ansiedade é extremamente difícil, mas é possível. A ansiedade vai impedindo o sujeito de levar uma vida normal, porque não é normal ser ansioso o tempo todo e sobre todos os aspectos de sua vida. As teorias mais comuns tentam explicar o “boom” dos transtornos mentais, como a ansiedade, depressão e TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) e acabam por apontar o atual estilo de vida pós-capitalista como o grande catalisador do problema,
Sempre oriento meus pacientes quanto a procurar controlar a ansiedade com algumas dicas, mas pra começar é imprescindível reconhecer a ansiedade _ RECONHECER_ REEDUCAR _ REGULAR, se fossemos colocar em forma de conceito da física, seria uma fórmula A=R+R+R.  Mas, isso é psicanálise, então podemos pensar que a ANSIEDADE pode ser controlar assim que nos RECONHECEMOS, REEDUCAMOS e REGULAMOS a forma como o nos projetamos para nós mesmo e para o mundo. Segue algumas dicas.
ü Reconheça que está com medo, ou que algo te aflige. Como sempre digo, precisamos ter uma sirene interna, que tem que tocar nos avisando que estamos repetindo compulsivamente algo, sem entender conscientemente a razão e o porquê. Esse é o famoso conceito psicanalítico de que todo ato que executamos de modo inconsciente nos leva a compulsão por repetição. 
  ü  Tente brincar de STOP consigo mesmo, sabe aquela velha brincadeira? Pois é, diga a si mesmo STOP! E tente substituir os pensamentos ruminantes que são frutos da sua mente, por reflexões que tragam paz, pequenas lembranças agradáveis, novas ideias e outros. 
  ü  Quer uma idéia muito útil? Faça piada consigo mesmo, não deixando a máxima de lado, “rir é um excelente remédio”, ria de si mesmo, isso é libertador. Faça algo que impeça o pensamento inicial. Tente distrair sua mente, se estiver no meio de uma crise de ansiedade distraia sua mente, diferentes diversões, algo que te interesse. 
  ü  Tente encontrar um hobby, uma atividade que você interaja diretamente e que você possa desfrutar de momentos de prazer e interação. 
  ü  Ouça música, não duvide, música é terapêutico. Elas podem ajudá-lo relaxar ou se sentir feliz. Mas, cuidado com a autosabotagem, não vale colocar justamente as músicas que te trazem tristeza e angústia, ok! 
  ü  Praticar ações que ajudem outras pessoas, ou outros seres como os animais, também é apontado como uma boa alternativa, já que favorece a diminuição de uma perspectiva imediata de “aprovação” e reconhecimento alheio. 
  ü  Os benefícios para a saúde do corporal da prática regular de atividade física já são conhecidos, entretanto cada vez mais pesquisas científicas apontam os resultados positivos associados à saúde mental. Não desperdice o estudo das pessoas, mexa-se! 

  ü  Escreva suas preocupações em um pequeno papel durante um ano inteiro, guarde cada papelzinho dentro de um cofre, no final do ano abra e leia. Você verá o quanto aprendeu e melhorou com o passar do tempo. E pela minha experiência isso vai lhe render boas risadas no final.
    post: Marcelo Ferlat   
    texto: Beatriz Rodrigues 
p   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.