Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sábado, 18 de outubro de 2014

Dica do Blogueiro.


Em tempos onde é necessário se ensinar desde pequeno a importância da conscientização ambiental, a editora Nova Alexandria apresenta para o livro Alice no fundo do mar no qual a personagem principal junto com a tartaruga Madu entram em contato com o mundo d'baixo d'água e demonstram preocupação com a exploração desenfreada do litoral brasileiro. A obra apresenta de forma lúdica o problema da poluição dos oceanos além a oferece noções de sustentabilidade tão importante para os pequenos
Livro infantil aborda ocupação desenfreada do litoral brasileiro.
Em Alice no fundo do mar personagem se envolve em “histórias de pescador” e descobre das ações impensadas do ser humano.
De que maneira educar as crianças para que compreendam a importância do meio ambiente e o equilíbrio ecológico?

No livro Alice no fundo do mar, publicado pelo selo Volta e Meia da editora Nova Alexandria, a socióloga Vanessa Labarrere chama a atenção para a ocupação desenfreada do litoral brasileiro e a falta de controle na produção e descarte de lixo, que compromete inclusive os oceanos.
Filha de biólogo, a personagem inicia seu interesse pela natureza e vai descobrindo a influência da humanidade em cada lugar por onde passa e como as construções que desenvolve, nada sustentáveis, agridem toda forma de vida que os cerca.  Mas é ao lado da tartaruga marinha Madu, que a curiosa garota entra em contato com o mundo debaixo d’água e se interessa ainda mais pelos seres vivos do oceano.
Guiada através das nadadeiras de sua nova amiga, Alice conhece o efeito devastador da poluição, que causa sérios danos também à vida subaquática.

Ela se envolve em várias “histórias de pescador”, na tentativa de fazer uma faxina nos corais, em que é auxiliada por prestativos e inteligentes golfinhos.
Indicada para crianças de seis a nove anos, a narrativa é leve e bem-humorada. A autora homenageia, nesta obra, o clássico da literatura infantil Alice no País das Maravilhas, do escritor inglês Lewis Carrroll (1832-1898), e, na vivência da garota que fala com os animais, se aproxima de outro personagem clássico, o Dr. Dolittle, criado pelo escritor inglês Hugh Lofting (1886-1947).

O prefácio é do contista e pesquisador brasileiro Marco Haurélio.

Confira um trecho:
— Pai, por que as pessoas jogam essas coisas na água?
— A maior parte das vezes elas não jogam na água: elas deixam o lixo na areia mesmo, então, a maré sobe e leva tudo para o mar.
— E por que elas não jogam na lixeira, pai?
— Porque quase nunca há lixeiras por perto, e porque muitas pessoas não se educaram para recolher seu próprio lixo.
— Nossa!
— Mas não é só o lixo dos banhistas que poluem o mar, não. Outras vezes, o pessoal que trabalha nos navios joga o lixo no oceano e as correntes marítimas levam para praia. E também o lixo que as pessoas jogam no chão nas cidades pode vir para o mar.


Ficha Técnica:
Classificação indicativa: de 6 a 9 anos
Tamanho: 16X23cm
Páginas: 52
Preço: R$ 37,00

Sobre a autora:
Vanessa Labarrere é graduada em Sociologia e mestre em Linguística (ambos cursos pela UnB). Especialista em Educação Ambiental (Senac/AP), é também servidora pública, o que lhe permite exercer sua função em vários cantos do país. É brasiliense, mas está passando uma temporada em Macapá. É autora, além deste Alice no fundo do mar, de Interior Vermelho, publicado pela Audiolivro Editora.

Participa ativamente de projetos culturais voltados à formação de leitores e profere palestras para professores, crianças e adolescentes.
fonte: Ed. Nova Alexandria
post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.