Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Bolada no saco.



Estávamos devendo a análise do jogo amistoso entre a nossa seleção e a Sérvia.
Realmente a seleção sérvia engrossou o jogo com o Brasil e no que se refere a ter sido um bom amistoso para acusar possíveis falhas ainda existentes na nossa seleção canarinho não poderia este ser sido melhor, eis que as falhas ocorreram e não foram poucas.
A seleção sérvia quase veio a Copa do Mundo de 2014, perdendo a vaga justamente para a Croácia que é nosso primeiro adversário na abertura do evento e estreia de nossa seleção e se o Brasil teve problemas contra a Sérvia quem dirá contra a Croácia, numa estreia em casa.
O aspecto que mais preocupa o “Bolada no saco” ainda é o meio campo, a começar pela marcação que vem se demonstrando mais frágil do que o esperado.
Isso ficou claro com a má atuação de Paulinho que não vem rendendo o que nós torcedores esperávamos. Luiz Gustavo se demonstra mais seguro e eficiente, e ai temos um problema a ser desenvolvida a sua solução.

O problema é: Caso seja necessária uma modificação no setor, mais especificamente a troca de Luiz Gustavo, por quem este seria substituído?
Inicialmente, Felipão tem como principal problema técnico a diminuição da estatura de sua defesa no meio campo no que se refere a bola aérea. Todos os reservas que podem substituir Luiz Gustavo são mais baixos do que este. Além disto, analisando um por um, o problema e a insegurança podem se tornar muito maiores do que se imagina.
Começamos por Ramires.
Ramires é um cão de guarda e daqueles que mordem forte, tão forte que na Premier League, ao jogar pelo seu time onde é titular, o Chelsea, por várias vezes cometeu faltas desnecessárias e violentas, situações estas que não podem ocorrer em um jogo a nível de Copa do Mundo, uma expulsão então seria o caos, ora por gerar cartão ao jogador em ambos os casos com fortes penalidades ao time, primeiro porque se abre um buraco no setor que será tão logo explorado pelo adversário o que pode se tornar um problema maior ainda se o lado onde Ramires, no caso só amarelado, for o ofensivamente mais forte do adversário.
Hernanes.
Hernanes tem mais a função de armador do que de marcador. Pode claro, ser ocupante da função, mas preocupa no sentido de capacidade de marcação, não é um volante de ofício como Luiz Gustavo e, na necessidade da troca, mais uma vez de Luiz Gustavo por aquele, não se tem a melhor opção eis que Hernanes e Paulinho são condutores de bola, fazem a ligação defesa ataque, sendo que Hernanes como já fora dito tem de média para baixa capacidade de marcação.
Fernandinho.
Este entrou no jogo e foi bem, deu um pouco mais de leveza ao setor. Consideramos Fernandinho um jogador mais adequado ao setor em relação aos demais, seria o mais apropriado para uma substituição de Luiz Gustavo, mesmo também sendo fisicamente mais fraco e baixo.
Mas por que a insistência em falarmos de uma possível necessidade de substituição de Luiz Gustavo?
Porque os demais são plenamente capazes de substituírem Paulinho, mas não Luiz Gustavo. O primeiro realmente não vem se apresentando de uma forma convincente, mas Luiz Gustavo sim. Alias essencial ao setor defensivo e ai gera-se um impasse.
Paulinho, é bom que se diga, não foi mais o Paulinho do Corinthians desde que fora para a Inglaterra, sendo que a sua permanência na titularidade passa por duas coisas, primeira, a forma de condução de grupo e time titular de Felipão que tem a característica de passar confiança aos atletas que ele acha essenciais ao time (caso de Paulinho no setor) em momentos difíceis levantando a moral do atleta e, em segundo o fato de que Paulinho jogou relativamente bem e, bem melhor em se comparando ao que está jogando agora quando da conquista da Copa das Confederações.
Caso Paulinho não tire a pedra misteriosa do sapato que está lhe deixando desconfortável, eis que não é combativo e agressivo indo ao ataque como antes (Oscar, Hulk e William, cada um roubaram mais bolas que Paulinho) e não chega com efetividade ao ataque como era de praxe no Timão, podemos imaginar que não se trate de desconforto, mas do dedo de Felipão que tem características de técnico preocupado com o setor defensivo. É sim uma possibilidade.
Nossa preocupação ainda é se algo ocorrer a Luiz Gustavo, jogador marcador, forte fisicamente e rápido ao ponto de se dizer que Luiz Gustavo hoje pode estar listado para o esquema defensivo do time como Neymar está para o sistema ofensivo, ou seja, não pode faltar.
Outras teorias conspiratórias ficam mais prejudicadas quando levantadas, como colocar Henrique na função, sendo que sequer sabemos por que fora convocado, melhor falando, sabemos, eis que Felipão disse que Henrique faz a função de zagueiro e volante marcador, mas mesmo assim, de todos os convocados foi o que menos entendemos. Esperamos que seja uma grata surpresa caso seja utilizado.
Outra teoria que podemos chamar de Mouriniana é a de David Luiz ocupar a vaga de volante e Dante em seu lugar, mas achamos que isso seja difícil eis que quebra demais o time brasileiro na forma como este vem se apresentando.
Quanto ao jogo podemos dizer que tudo aconteceu. A zaga se demonstrou atrapalhada em determinados momentos, ao ponto de Davi Luiz trombar com Thiago Silva, bateram cabeça. O meio campo não foi bem, eis que esta cedeu muitos contra-ataques e perigosos ao ataques sérvios, enfim, não foi convincente nem segura a atuação defensiva da seleção como um todo.
Na parte de criação Oscar, mais uma vez com a suposta Síndrome de novo Papai não jogou, não jogando entrou William que mais uma vez aproveitou e deu mais movimentação no ataque e manteve a seleção com a bola por mais tempo na frente. Foi melhor de novo, simples assim.
Hulk nos encanta muito antes de começar a ser aceito pela torcida eis que vimos ele jogar na Arena Grêmio (Eu e Mauricio) contra a França e lá vimos o que já sabíamos e o que está se concretizando. Jogou bem, eis que achamos que Hulk é o jogador mais disciplinado e dedicado taticamente de toda a seleção brasileira, corre, se esforça, dá combate, vai e volta, se apresenta bem pelo meio e pela direita, enfim, o mais regular em campo até agora na soma dos dois amistosos.
Neymar foi preocupação pelo apagão criativo. Não abriu a caixa de ferramentas como o fizera contra o Panamá, o que era essencial para o Brasil romper as duas linhas de quatro da marcação dos sérvios. Apático.
Quanto a Fred, o gol, apesar de ter tido uma criação mais que escabrosa com um lançamento de Thiago Silva que ao fazer este foi eficiente, mas ao mesmo tempo colocou Fred entre dois marcadores.
Fred literalmente teve que se virar para fazer o gol e o fez com qualidade, de forma difícil, entre dois marcadores, mas com qualidade, o que pode trazer a ele a segurança necessária para ser o matador do Brasil desafogando a necessidade de gols somente por meio de Neymar.
No mais esperamos que os erros que foram muitos como dito no início sejam o mais corrigidos dentro do possível, e que a seleção tenha uma bela estreia contra a Croácia na quinta, já presenteando todos os namorados com uma atuação não de goleadas, o que não ocorrerá nesta fortíssima Copa, mas com uma atuação de quem está muito, mas muito afim de ser campeão.
Marcelo Ferla
Colaboradores: Catito e Mauricio Ferla     
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.