Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Sabia dessa.

Estudante sofre tentativa de estupro dentro do campus da USP.
Uma aluna do curso de engenharia de produção, de 23 anos, sofreu uma tentativa de estupro na manhã desta terça-feira dentro do campus da USP (Universidade de São Paulo), na região do Butantã, na zona oeste de São Paulo.
O crime ocorreu por volta das 7h50, dentro de um banheiro feminino da Poli (Escola Politécnica da USP). Segundo o delegado Celso Lahoz Garcia, titular do 93º DP (Jaguaré), um homem agarrou a garota por trás e tentou levá-la até uma das cabines do banheiro.
A estudante contou em depoimento à polícia que lutou com o suspeito, que acabou fugindo. Ela ainda disse que ele estava mal vestido e aparentava ter entre 20 e 30 anos.
A polícia afirmou ter pedido perícia para o banheiro na tentativa de encontrar alguma impressão digital que levasse ao agressor, mas nenhum suspeito foi identificado ou detido.
"Esse é um fato bem atípico. Pelo movimento lá, [o ataque] era algo fadado ao fracasso. Com a circulação dentro do banheiro feminino, alguém ia reconhecer [o suspeito]", avaliou o delegado.
A assessoria da USP afirmou que a jovem foi atendida no Hospital Universitário devido a um ferimento na boca sofrido durante o ataque. A garota passa bem. O nome dela não foi informado pela polícia ou pela universidade.
Blog: Lendo notícias com este conteúdo, só posso pensar como qualquer cidadão que convive em ambientes assim ou que tem conhecidos queridos seus em campus como os da USP. Ainda existe algum lugar onde nós ou nossos conhecidos e iguais podem se sentir seguros? Parece a cada dia que o mundo vive um colapso em relação a crença de que determinadas coisas em determinados lugares não podem ocorrer, mas eis ai na notícia a prova de que não há mais trégua dos criminosos para com os demais cidadãos comuns e que o desrespeito, bem como a sensação de impunidade se espalham como uma praga em nossa sociedade.

fonte: folha.com.br
post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.