Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 29 de junho de 2011

terça-feira, 28 de junho de 2011

Imagens

As vezes você acorda pela manhã, com preguiça, mas mesmo assim está sem sono. Olha pela janela de seu quarto e o que vê é tão somente prédios, muros e carros. Não lhe vem nada a cabeça?

Se a resposta for não, fale com Damien Walters, ele pode te ajudar.




Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Ídolos do Esporte

E se eu disser a vocês que a magia não pode parar, que quando imaginamos que tudo acabou, surge algo grandioso. Não algo perfeito como o anterior, mas com ambos os pés á fronteira da perfeição, algo que nos faz recordar dos melhores tempos que vivemos. Eis que surge, Kobe Bryant.










Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Ídolos do Esporte


A muito não postava alguns vídeos de meus ídolos do esporte. Hoje, voltando a série, resolvi voltar as origens e mostrar um dos caras que fez parte de minha vida, o incomparável Michael Jordan.









"Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo... e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso."

Michael Jordan






Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Imagens

Escrevi um texto sobre a cabeça pequena de quem é homofóbico. Eis aqui a comprovação científica.


Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Imagens

Se você pensa ser alguém, reflita a respeito do que este cara diz nesse vídeo em uma palestra.





Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Imagens

O que a criatividade, aliada a tecnologia nos proporciona.





Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Imagens

Vocês lembram grande Simon, o gato mais bacana da internet. Pois bem, ele está de volta. Dê uma olhada aí na figura.




Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Opinião do Blogueiro


A questão do reconhecimento da relação homoafetiva no país está gerando capítulos desagradáveis.

Um juiz, da 29° vara da fazenda do Mato Grosso do Sul, proibiu a união entre um casal homossexual. Em sua determinação que ocorrera de ofício, sem a provocação de qualquer das partes envolvidas no processo, contrariando o reconhecimento deste tipo de relação pelo STF, que nenhum orgão cartorial registrasse ou reconhecesse tal relação, a registrando e dando fé pública a esta. Ou seja, total abuso de poder do togado atrás da mesa.

Isso demonstra, um retrocesso em nossa sociedade, a ponto de destacar, tão somente, que ainda existem pessoas caretas, retrógradas e pseudoconservadoras.

Não irei aqui mencionar e falar a cerca da igreja a qual pertence o juiz, pois penso que mesmo este tipo de acontecimento sendo contra a doutrina a qual esta instituição religiosa pertence, possuí pessoas que não pensam assim.

Não sou a favor de que uma ofensa contra os direitos civís de uma pessoa ou casal de pessoas, ora rechaçados em público e para o público pelo juiz, responda em relação a tal fato abusivo e prejudicial com violência, mas as vezes a ignorância das pessoas me faz pensar em mandar ele, o juiz, conversar com esses dois caras aí da foto. O que acham?


Vai lá juizão, chega junto e diga a eles o que esta afim de dizer, desabafe.

CONTRA A HOMOFOBIA SEMPRE.

Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Sabia dessa.


Na II grande guerra, os aliados despejaram montes de bombas em Berlim. Cerca de 465 mil toneladas de explosivos atingiram o solo da cidade. Cerca de uma em cada oito bombas não explodiu.
 
Berlin pós-bombardeio dos aliados na II Guerra Mundial.
 
Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

terça-feira, 21 de junho de 2011

Imagens


Anda bastante difícil de se escrever a respeito de algo interessante aqui no blog. As notícias são as mesmas, sempre. As capas de jornais trazem em seu conteúdo asuntos redundantes, repetitivos, o que causa irritação para aqueles que gostam e querem compartilhar as coisas com os demais, como eu, através da escrita. 

Em decorrência disto tudo, aí vão mais algumas imagens. Desta vez, animais, sempre dando espetáculo.


















Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Frases




“Uma vida sem festas é como um largo caminho sem pousadas”.

Demócrito
Continue Lendo... ►

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Falando Nisso!!



Primeiro José Sarney e Fernado Collor, agora o Ministério da Defesa. Junto com eles o Itamaraty e as Forças Armadas do Brasil, todos contra a abertura dos documentos secretos e o fim do chamado "sigilo eterno" dos mesmos.  

A impressão é somente minha ou os que realmente devem muito, a muito tempo, são justamente os daí, da listinha de cima?

Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

Curiosidades




As grandes garras do tigre.

Como a francesa Pierre Cardin e a americana Wal-Mart, muitas vem sendo as empresas não chinesas que vem utilizando a mão de obra dos grandes tigres. 


Com 750 mil habitantes, Shengzhou é conhecida como a “cidade das gravatas”. Produz uns 300milhoes de peças por ano. A cada 03 gravatas vendidas no mundo, uma é de lá. Shengzhou fica a menos de 200 km de Datang, um município que vive da produção de meias. 

Tem 30 mil habitantes, mas sua população de trabalhadores chega a 100 mil, espalhadas por empresas pequenas (a maior tem 800 trabalhadores). Num esforço de formiguinhas, esse aglomerado produziu 13, 5 bilhões de pares de meias em 2008 – dois por habitante no planeta e, 30% das meias vendidas no mundo.

Lá estão também Wenzhou, a “Cidade dos Isqueiros” usados no mundo todo – e Qiaotou – de onde saem 60% dos botões de zíperes vendidos globalmente  e onde há uma estátua de um botão alado, vejam, vocês, de 6 metros de altura, para celebrar a “vocação”). A vizinhança tem ainda a cidade dos guarda-chuvas (Songxia),a dos tecidos (Shaoxing), a das canetas (Fenshui)  e até a das válvulas hidráulicas (Wenling).

Como você pode notar, hoje em dia de quase nada adianta procurar por grandes marcas, por serem estas grandes marcas e, principalmente, pagar valores elevados por elas, pois todas saem do mesmo lugar, o que para alguns, pode gerar certa sensação de frustração, pois um Nike de R$ 600,00 não é um produto genuinamente americano, sem se falar nos casos de falsificação, que a cada dia são mais especializadas e mais semelhentes, o que denigre mais ainda as verdadeiras marcas, inclusive as mais exclusivas.

Há que se lembrar que a tecnologia e qualidade empregada nos produtos, aparentemente não é prejudicada por conta disto, aparentemente. Na verdade não podemos saber se a tecnologia total é empregada em terras estranhas a terra de origem do produto.

O que vale nese mercado é a mão de obra barata que a China proporciona, muitas vezes em regime de escravidão e, mesmo assim, qualificada, mas não valorizada, o que faz com que as empresas tenham maior renda com menor qualidade, pois a meta de produção desses produtos necessita ser altíssima, o que pode pejudicar a qualidade do produto final.
Quantidade de produtos exportados pela China.
 
Não adianta tentar manter a fidelidade, o patriotismo ou preferência e, muito menos, dizer com ares de arrogância para seu colega invejoso, que você tem um tênis ou produto esportivo exclusivo do país ao qual ele pertence, pois sequer ele é feito lá. Você paga pela marca, nada mais, será?

Portanto, se estiver comprando um terno Armani ou um Kiton ou ainda um sapato Berlutti, quem sabe um óculos Oliver Goldsmith ou meias Pantherella, combinando com um relógio Patek Philippe, nunca se esqueça, isto tudo pode ser ou definitivamente é, Made in China.

Uma questão de conceito, vaidade e extravagância para os mais exigentes, o que, diga-se de passagem, pode ser tudo balela.

Marcelo Ferla
 

Continue Lendo... ►

Frases




"Na prosperidade nossos amigos nos conhecem; Na adversidade conhecemos os nossos amigos".

Jonh Churton Collins
Continue Lendo... ►

Imagens

Aí vão mais algumas imagens sensacionais dstes seres que habitam o planeta juntamente conosco.






















Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►