Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

segunda-feira, 31 de março de 2014

Coisas bacanas.


10 casas ideais para amantes de livros.
Não sou muito chegado a revistas de decoração, até acho que deveria ser mais, apesar de que meus gostos não são muito divulgados em revistas como a Vogue. Mesmo assim, achei muito bacana a matéria que a revista Casa Vogue fez com 10 casas ideais para aqueles que amam livros. Alguém aí se encaixa nessa categoria?






 
 
 


p.s - confesso a vocês que se pudesse escolher ficaria com a de número três e vocês?

Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

domingo, 30 de março de 2014

Humanidade.


LINHA DE PRODUÇÃO.
Fotógrafo canadense registra os parques industriais chineses em toda sua magnitude.
Fotos: Edward Burtynsky

Usina de processamento de frango Deda , Dehui,província de Jilin , 2005
Quando o assunto é chão de fábrica, nem os gigantescos galpões da indústria espacial soviética se comparam ao tamanho dos parques industriais chineses desse início de século. Em franco desenvolvimento e crescimento, com recursos abundantes e um plano de investimento que, desconfia-se, seja o maior já feito por um governo na história da humanidade, a indústria chinesa florece cada vez mais derrubando seus concorrentes com quantidade, preços competitivos e ambiente de exportação favorável.
E desde o meio dos anos 2000, o fotógrafo canadense Edward Burtynsky viaja para as grandes províncias industrializadas da China para registrar em filme esses imensos e titânicos centros de produção em massa. Ali, se vê a linha de montagem de Henry Ford levada ao máximo de sua extensão, com centenas de milhares de trabalhadores em trânsito entre seus apinhados vilarejos-dormitório e as massivas construções do parque industrial chinês.
Em sua série Manufatura, o fotógrafo mostra o desenvolvimento impressionante da tecnologia de produção em linha dos chineses e procura explicar com suas imagens como é que o país se tornou uma das maiores potencias industriais do planeta. Em seu trabalho, o tamanho dos parques impressiona tanto que é quase possível avistar todos os US$ 1.5 trilhões que sairam da América do Norte em investimentos e contratações com destino direto à instalação industrial chinesa.
Seu principal foco de trabalho é a província de Guizhou, mais especificamente sua capital Guiyang. A cidade, que tem quase quatro milhões de habitantes, é considerada pequena para os padrões chineses e está em uma das regiões não-agrárias mais pobres do país. Porém foi ali, onde existia boa parte da população sem trabalho, que se instalou um dos mais complexos parques industriais de todo o país.
Logo abaixo você vê algumas das mais impressionantes fotos de Edward Burtynsky em sua série Manufatura.

Moinho Têxtil, Xiaoxing, província de Zhejiang, 2004
Mudança de turnos, fábrica de sapatos em Yuyuan, 2005
Fábrica da Cankun, Zhangzhou, província de Fujian, 2005
Fábrica da Cankun, Xiamen, 2005
Bird Mobile, Ningbo, província de Zhejiang, 2005

Refeitório da indústria têxtil Youngor , Ningbo, província de Zhejiang, 2005
Xiamen, província de Fujian, China, 2004
Dormitório de trabalhadores em Dongguan, província de Guangdong, 2005
Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

Curiosidades.


Quem não conhece esse carinha, ou melhor, este robô sensacional e simpático apesar de se comunicar de forma incompreensível.
O pequeno robô R2-D2 é um dos principais personagens da saga Star Wars. R2-D2 (chamado de "R2"para o short e foneticamente escrito "Artoo-Detoo") é um personagem robô no Star Wars universo . Um droid astromech (referida no romance como um "thermocapsulary assister dehousing” - um dróide astromecânico, responsável por manutenção e navegação de astronaves.

Fala uma "linguagem" incompreensível, de bipes e ruídos (e inspirou Kenny, de South Park).

R2-D2 é um personagem importante em todos os Star Wars filmes. Junto com seu protocolo droid companheiro C-3PO, ele junta-se ou apoia Anakin Skywalker, Luke Skywalker, Princesa Leia, e Obi-Wan Kenobi em vários pontos da saga. R2-D2 foi interpretado pelo ator Inglês Kenny Baker.

Junto com Anakin Skywalker (Darth Vader), Obi-Wan Kenobi e C-3PO, ele é um dentre somente quatro personagens, a aparecer em todos os seis originais de Star Wars filmes.

R2-D2 foi projetado em obras de arte por Ralph McQuarrie e desenvolvido por John Stears e Tony Dyson. Em muitas cenas foi feito o uso do rádio controlado e CGI versões do personagem.


Veja agora como foi a criação do primeiro protótipo deste personagem inesquecível da saga Star Wars ao lado do diretor George Lucas.



Marcelo Ferla
  
Continue Lendo... ►

Sexy girls.


Conheçam as sexy girls, as garotas que arrasam em qualquer lugar e situação, que não se esforçam para ser belas e, mesmo assim, perturbam o subconsciente de todos com seu charme e atrevimento... Passeie por este mundo e aprecie todo o erotismo que elas podem te proporcionar, sem vulgaridades e apreciem estas mulheres que fazem jus ao sexo feminino com feminilidade, vaidade, beleza e ousadia.

Curta ai!





























Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►