Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Sabia dessa.

Veja a lista dos golpes mais comuns na internet e como se proteger deles
Empresa de segurança criou um manual para ajudar consumidores e usuários de aparelhos móveis a não caírem em armadilhas de hackers


Para ajudar os consumidores a se prepararem para o Natal, a empresa de segurança digital McAffe divulgou uma lista dos golpes mais comuns usados pelos hackers. A lista inclui desde sites de compra falsos até aplicativos que escondem vírus e outros arquivos perigosos.
Veja a lista e confira dicas para se proteger:
Golpe nº 1: Aplicativos não tão festivos
Tomar cuidado com os aplicativos baixados no seu smartphone ou tablet é muito importante. É cada vez mais comum encontrar softwares que parecem "oficiais", mas na verdade contém algum tipo de arquivo nocivo. Apps de bancos e de sites de compra são os mais usados para este tipo de crime.
DICA: Examinar cuidadosamente todos os aplicativos antes de baixar qualquer um nos dispositivos. Consultar a seção de comentários e verificar a legitimidade do app diretamente com as partes que o software afirma estarem envolvidas.
Golpe nº 2: Presentes de Natal
Deve-se desconfiar dos anúncios imperdíveis de ofertas de presentes desta temporada. Os hackers divulgam concursos falsos em sites e redes sociais e enviam e-mails para tentar induzir os consumidores a revelar informações pessoais e/ou baixar um vírus em seus dispositivos.
DICA: Desconfiar de ofertas tentadoras dos mais recentes smartphones, tablets, consoles de jogos e outros gadgets cobiçados e verificar os preços diretamente com o revendedor ou a loja. Deve-se evitar o acesso a lojas virtuais desconhecidas.
Golpe nº 3: Cartões eletrônicos perigosos
Alguns cartões de Natal eletrônicos que são enviados para o e-mail podem conter vírus de tablets, smartphones ou computadores. Por isso, é melhor prevenir e não abrir um cartão caso não se conheça o remetente. Vale verificar o endereço pelo qual o cartão eletrônico foi enviado para identificar se o mesmo pertence a uma empresa conhecida e legítima ou de um site confiável.
DICA: Conferir atentamente todos os cartões que receber buscando por erro ortográfico suspeito no nome do remetente ou no nome da própria empresa ou site de cartões. Qualquer sinal de desconfiança e preocupação, recomenda-se pesquisar na Internet informações sobre o site de origem da mensagem.
Golpe nº 4: Jogos falsos
Os jogos para smartphones e tablets são um dos principais vícios da sociedade contemporânea. Os criminosos aproveitam isso para encher as lojas virtuais de aplicativos de games falsos.
DICA: Baixar ou comprar jogos apenas de sites confiáveis. Conferir nas lojas a legitimidade de uma oferta que foi anunciada e conversar com os filhos sobre como identificar e evitar possíveis fraudes.
Golpe nº 5: Notificações de envio falsas
Os cibe criminosos sabem que muitas entregas são realizadas nesse período e, por isso, eles enviam mensagens de e-mail falsas com solicitações de verificação de envio. Deve-se ter cuidado redobrado antes de digitar dados pessoais ou financeiros em um formulário associado a uma notificação de envio.
DICA: Verificar sempre o nome do domínio dos alertas de aviso de remessa e ter cuidado com qualquer um que receber sem ter solicitado ou mesmo se tiver enviado uma encomenda.
Golpe nº 6: Falsas instituições beneficentes
Esta é a época do “dar e retribuir”. Doações beneficentes são, em boa parte, realizadas durante as festas de final de ano. No entanto, existem pessoas que se aproveitam e criam sites falsos de doações.
DICA: Para doar, deve-se pesquisar sobre o que está por trás da instituição beneficente em questão e pensar duas vezes antes de divulgar qualquer tipo de informação pessoal em um site que não pareça muito idôneo.
Golpe nº 7: Golpes românticos
Quem estiver à procura de um parceiro na época de Natal poderá se expor a um risco maior do que uma simples desilusão amorosa. Com tantos sites de namoro à disposição dos internautas, pode ser difícil deduzir quais deles são reais e quais são golpistas se passando por fontes confiáveis para ter acesso a informações pessoais.
DICA: Procurar por sites de namoro e relacionamento confiáveis e sempre tomar muito cuidado ao fornecer informações pessoais de qualquer tipo a sites ou pessoas que conhecer na Internet.
Golpe nº 8: Lojas virtuais falsas
Para fugir das filas dos shoppings, é casa vez mais usual procurar produtos em lojas virtuais, muito mais rápidas e práticas que as tradicionais. Contudo, os consumidores devem tomar cuidado com páginas falsas de comércio eletrônico tomam o dinheiro e os dados pessoais dos consumidores.
DICA: Verificar cuidadosamente os endereços dos sites nos quais serão feitas as compras e consultar opiniões dos clientes e outras informações para checar a idoneidade de uma loja virtual.
Golpe nº 9: Viagens de férias
Viajar para visitar a família, os amigos ou simplesmente para descansar é uma das muitas alegrias da temporada de final de ano. Contudo, é preciso tomar cuidado, por exemplo, ao acessar redes de Wi-Fi de hotéis. Hackers podem instalar programas de captura de dados na rede e roubar informações importantes de smartphones, tablets e notebooks.
DICA: Antes de viajar, verificar se todos os softwares de segurança estão atualizados, executar uma varredura de verificação de vírus.

Marcelo Ferla
fonte:Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.