Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Curiosidades.



Fetiche por pés... Porque os pés femininos, mexem tanto com o desejo de alguns homens?

Pés, objeto de desejo, um pé bem torneado faz com que a cabeça de um homem vire a mil, pensando as várias formas de possuí-la, começando pelos pés, mesmo sem o toque, apenas o olhar já traz uma bagagem de excitação, que se assemelha a talvez uma carícia bem caprichada, tem homens que adoram ver a mulher desfilar para eles, com trajes mínimos usando salto alto, altíssimo, quanto mais alto, mais esbelta e quanto mais esbelta, mais a mulher entrará com facilidade na mente masculina desorganizando seus pensamentos, trazendo-o para perto... perto o suficiente para que os toque, ou para que a dona dos pés idolatrados possa brincar de seduzir acariciando o amado com as pontas dos dedos em várias partes de seu corpo, levando-o ao delírio, pois a visão dos pés em cima dele, logo com o prolongamento da perna, coxa grossa, subindo para uma lingerie rendada e seu olhar e pensamentos fervem, receita ideal para quem quer seduzir de fato, pois, o homem que tem este tipo de fetiche é um prato cheio para uma noite ardente a começar pelos pés.
Pés são a tara de um em cada três homens. Mas poucas são as mulheres que sabem reconhecer um amante dessa zona erógena. Você sabe por que à meia-noite, quando o encanto se desfez, os sapatos de cristal da Cinderela (e só eles) não desapareceram? Puro fetichismo, querida.







A história original, contada pela primeira vez 1.200 anos atrás, na China, estava mais para literatura erótica criada por um povo que já associava pés femininos com sensualidade.
 
"A mulher é um livro. O pé é o índice do livro."

Machado de Assis

Os teus pés “Quando não posso contemplar teu rosto, contemplo os teus pés. Teus pés de osso arqueado, teus pequenos pés duros” (…)

Pablo Neruda

Puro fetiche: sapato é arma de sedução
Laura Muller explica a tara. E o designer Fernando Pires conta sobre um cliente misterioso que se excita ao fazer encomendas para suas namoradas
Cinderela, a dos contos de fada, fisgou seu príncipe pelo salto transparente. Carrie Bradshaw, personagem de Sarah Jessica Parker em “Sex and The City”, escolhia a dedo um bom par de Manolo Blahnik para arrasar num encontro. Já nas revistas masculinas, as beldades tiram tudo, menos os sapatos. E não é à toa. "O salto mexe com a imaginação erótica, tanto do homem, quanto da mulher", garante a sexóloga Laura Muller.
Um bom sapato de salto melhora a postura, empina os seios e o bumbum. Mas além da estética favorecida, o fascínio por sapatos se dá no campo do fetiche. Em cima do salto, as mulheres se transformam: “Elas têm o falo, o poder. É lógico que quanto mais alto, mais poderoso. No banheiro, elas chegam a comparar o tamanho dos saltos, elas disputam quem tem o maior”, diz o designer Fernando Pires, famoso por seus sapatos sensuais que já foram usados até por Madonna.





Fernando conta que, em geral, são as mulheres que compram os seus próprios sapatos para seduzir. Porém, vira e mexe, o designer recebe a ligação de um cliente misterioso querendo algo especial: “Eu nunca vi a cara dele. Mas só de descrever o sapato, era possível perceber que ele estava ficando excitado do outro lado da linha”. Entre uma história e outra, Pires deixa escapar que uma cliente amiga e famosa confidenciou que usou um de seus saltos para penetrar o namorado – também famoso – por trás.
Loucura demais para você? Segundo Laura Muller, se a prática é prazerosa e não destrutiva para os dois, então tudo bem. Não é transtorno, doença ou coisas do tipo. Na verdade, o fetiche pode apresentar diversas nuances. Alguns só querem olhar a bela mulher nua usando sapatos poderosos, outros têm fantasias masoquistas, e por aí vai.

Características do sapato fetiche
O modelo peep toe é um dos mais desejados. Laura diz que a abertura frontal remete à fenda de um vestido. Fernando pontua que, nos anos 40, quando surgiu o modelo, mostrar só o dedão era extremamente erótico, pois, até então, tudo era coberto.
Botas e sapatos com zíper também são adorados. Pense nas botas de Julia Roberts em “Uma Linda Mulher”: “Com uma bota de superzíper atrás, ela pode fazer um jogo erótico de cobrir e revelar, estimular a imaginação erótica na hora de tirar”, ensina Laura.
A cor também é importante. “Verniz preto é extremamente fetichista”, decreta Pires, ressaltando que o vermelho pode ser extremamente erótico.
E, para fechar, os materiais. Couros exóticos, como pele de cobra, fake ou natural, fazem-nos lembrar de nossa natureza mais instintual: “É uma coisa do nosso lado mais animal. O bicho pode mexer com esse aspecto da nossa sexualidade e a gente se sentir com seu poder. Que é meio por aí, poderosa como uma serpente, um leopardo”, finaliza Muller.






> Quer se aprofundar no assunto? Laura Muller está em tour pelo Brasil com uma série de palestras sobre fetiche por sapatos - confira o calendário no site da sexóloga. Já os sapatos de Fernando Pires podem ser adquiridos nas lojas do designer, em São Paulo, ou online em www.fernandopires.com.br

Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.