Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Rapidinhas.



Assinou e não viu.
"Pela primeira vez na vida, assinei sem ler, e era um projeto do Jucá.".
O atual Senador Lasier Martins (PSD-RS) ex-comentarista do óbvio da RBSTV, no Programa Jornal do Almoço, em entrevista ao programa da Rádio Gaúcha Timeline, disse ter “assinado por engano” a PEC de criação do seu par Romero Jucá (PMDB-RR) para blindar os então Presidente da Câmara e do Senado de investigações sobre fatos anteriores ao mandato.
Disse Lasier que assinou, a pedido de uma assessora que o pediu que pusesse sua assinatura no documento, a PEC, e que este prontamente o fez, alegando ter olhado tão somente para os mais de 20 nomes de peso, respeitáveis e de sua afinidade que já haviam assinado o documento, e que, por isso, o assinou sem avaliar o conteúdo deste.
Disse ainda que o fez, pelo fato de estarem próximos a ele, no momento de sua assinatura, uma “porção de pessoas do PSDB”, e que imaginou que fosse um projeto sério.
Por fim, disse que mais tarde fora avisado por assessora sua do conteúdo da PEC e que saiu correndo para riscar o nome registrado a tinta de caneta por suas mãos, mas que já era tarde, uma vez que o documento já havia sido registrado.
Hora, hora Senador Lasier, um homem sério como o senhor, Senador pelo meu querido Rio Grande do Sul, sempre óbvio em seus comentários diários no Jornal do Almoço, mas não menos críticos, muitos entoados com revolta por se basearem justamente em atos desta espécie ocorridos onde hoje o Senador está, e agora faz o mesmo que antes criticara a plenos pulmões cheios de ar a revolta, justo agora que ocupa cadeira do Senado Federal?
A mim, o Senador continua exatamente como antigamente, lá em seu antigo trabalho jornalístico como comentarista, óbvio, só que agora exercendo as obviedades do exercício de politico brasileiro que é, e que seu mandato legalmente lhe autoriza.
Políticos, em sua esmagadora maioria são corruptos, bem como, relapsos e estão pouco se lixando para o povo ao qual deveriam representar e zelar.
Prova disto, a declaração do senhor Senador Lasier de que as ditas “várias assinaturas” que o Senador viu, provavelmente, foram igualmente firmadas no documento de próprio punho dos seus pares, e da mesma forma que o senhor o fez, pouco se lixando para o que o documento continha.
Não me espanta se atos assim são diários dentro do Senado Federal.
Infelizmente, o senhor Senador Lasier, está mais leviano do que na época de jornalista na televisão, e já fora fisgado pelo pacote de vícios que o exercício político contém, dentre outras coisas, atos absurdos que governantes exercem em nosso País, como este feito pelo senhor.
Lamentável.
  
Marcelo Ferla
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.