Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sábado, 4 de fevereiro de 2017

A importância de fazer análise por Beatriz Rodrigues



Beatriz Rodrigues - Mestre em  Educação pela Universidade de Jàen na Espanha; Psicanalista Clínica; Palestrante; Psicopedagoga Clínica e Institucional; Pedagoga ; Especialista em neurociência
Facebook: Psicanalista Beatriz Rodrigues ; beatrizpsicanalista@gmail.com    


A importância de fazer análise
por Beatriz Rodrigues 
Apesar de muitas pessoas pensarem que fazer análise é coisa de louco, ou desnecessária, a prática clínica comprova a sua importância bem como seus ótimos resultados. O mais difícil é admitir que precise de tratamento e reconhecer que a análise é para pessoas normais, que como todo mundo tem problemas e sofrimentos.
A principal diferença entre análise e terapia é que a análise é feita por um psicanalista e trabalha o inconsciente enquanto que a terapia é feita por um psicólogo e trabalha a consciência. Os psicanalistas geralmente são médicos ou psicólogos.
Infelizmente as pessoas não têm o costume de procurar um psicanalista quando estão com problemas psíquicos. E muitas ainda acreditam que apenas um remédio poderá curá-las, claro que em alguns casos o remédio é necessário, porém só o seu uso não cura a doença. O ideal é associar o remédio á análise. Porém vale lembrar que nem sempre é necessário tomar remédio quando há um sofrimento psíquico.
Enquanto a causa do problema não for tratada fica muito difícil obter melhoras. A história de vida do sujeito está ligada à etiologia da doença e é preciso analisar toda a sua história, para chegar à origem do sofrimento psíquico e assim poder tratá-lo. O tratamento psicanalítico é feito através da fala, porque é por meio dela que o psicanalista poderá atuar no mundo simbólico do paciente.
A Psicanálise é sem dúvida uma resposta ao sofrimento psíquico, mesmos nos tempos atuais, aonde se procura resultados rápidos, quase que imediatos. O objetivo da Psicanálise é arrancar o problema pela raiz, e não o de podar-lhe o topo.

post: Marcelo Ferla
texto: Beatriz Rodrigues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.