Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Associação brasileira usa esperas telefônicas de empresas para chamar atenção pra doação de órgãos.


Associação brasileira usa esperas telefônicas de empresas para chamar atenção pra doação de órgãos.
por Redação Hypeness


Todo mundo fica um pouco incomodado ao ter que esperar na linha quando liga para uma empresa, ouvindo aquelas musiquinhas que são sempre iguais. 
E, mesmo sabendo que o atendimento não vai demorar mais do que alguns minutos, a gente ainda insiste em reclamar. 
Agora, a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) se uniu com o Grupo RÁI para contar as histórias de gente que já está esperando há muito mais tempo.
A campanha ganhou o nome de “Vozes da Espera” e levou três pessoas que estão esperando por um transplante de órgãos para contar suas histórias durante a espera de chamadas telefônicas de grandes empresas pelo Brasil. 
Segundo Roberto Mandro, presidente da ABTO, mais de 40% das famílias não consentiram a doação de órgãos dos familiares com morte encefálica neste ano.  
“Isso significa que mais de 3 mil transplantes não foram feitos no país”, explica.


É para conscientizar sobre os 33 mil brasileiros que esperam por um órgão que a campanha nasceu, levando a história destas pessoas para as esperas telefônicas. 
Afinal, se a espera da ligação vai terminar rapidinho, a de quem aguarda um órgão ainda pode durar anos.
Espia só:



Qualquer empresa que tenha interesse em participar da ação pode fazer o download das histórias diretamente no site da campanha e usá-las na espera telefônica, ajudando a conscientizar um número ainda maior de pessoas sobre o assunto.
Confira também as histórias da Sabrina, do Fernando e da Maridalva.

post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.