Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Terapeutas Árabes ensinam como bater na sua mulher .


Terapeutas Árabes ensinam como bater na sua mulher segundo Allah, se ela se porta mal, na televisão publica.




Segundo Allah exemplos da moralidade de Mohammed como líder espiritual:
· Comandou o bater nas esposas. (nos iremos discutir este assunto mais abaixo).
· Afirmou que o homem é superior a mulher.
· Estabeleceu que a mulher receberia somente a metade da herança que um homem receberia.
· Afirmou que mulher tem a metade da inteligência masculina.
· Ensinou que em caso de divorcio a mulher deve manter relações sexuais com outro homem para poder voltar ao marido anterior.
· Disse que a escrava é propriedade sexual do homem.
· Disse que é privilegio do homem possuir 4 esposas e ainda se contradisse dizendo que as esposas deverão ser tratadas igualmente e logo depois disse que é impossível amar a todas por igual.
· Sancionou e praticou o casamento com crianças pequenas.
· Afirmou que os negros estão destinados ao inferno, simplesmente por serem negros.

O que deve fazer se sua esposa se comporta mal? 

E se ela cometer um erro? 

Aqui estão a prescrição eficaz.
Resumimos 3 essencial para dar a sua esposa as medidas corretivas necessárias, e para que você seja bem disciplinado.
Primeiro, você deve lembrar sua lição de casa e falar com ela para entender. 

Segundo, se sua esposa não entende ou não se arrepende de seu erro, deixá-lo completamente na cama, coloque em uma cama de solteiro, dar a volta. 
E em terceiro lugar, se você insiste, proceder a golpes ou chicotadas, mas não com uma vara grande.
Esta é a receita para sua esposa para enviar transmissões de televisão nacionais na Arábia Saudita através de um terapeuta especializado. 
Dado que a questão vem o problema:
O que fazer se sua esposa se comporta mal …? 
Devemos ensinar e educá-la como um cão ou um animal, que é pelo menos a ideia de que uma fêmea ser humano neste país.


Talvez o medo de saber que a mulher é um santuário divino que produz vida. 
Talvez o medo de aceitar que o seu cérebro é cientificamente mais capazes. 
Talvez o medo de aceitar a insegurança masculina. Talvez milhares de tabus. 
Mas a questão é que as mulheres na Arábia Saudita é varrido do mapa de dignidade.
Homens sauditas, justificados na sua interpretação distorcida de sua religião, promovido pelo seu próprio governo e abrigada pelo costume de sua sociedade arbitrária, têm o luxo de colocar a mulher no chão. 
Não só com golpes.



“Os homens são os protectores das mulheres, porque Deus dotou uns com mais (força) do que as outras, e pelo o seu sustento do seu pecúlio. 
As boas esposas são as devotas, que guardam, na ausência (do marido), o segredo que Deus ordenou que fosse guardado. 
Quanto àquelas, de quem suspeitais deslealdade, admoestai-as (na primeira vez), abandonai os seus leitos (na segunda vez) e castigai-as (na terceira vez); porém, se vos obedecerem, não procureis meios contra elas. 
Sabei que Deus é Excelso, Magnânimo.”

Alcorão Sura 4:34: 
“Os homens tem autoridade sobre as mulheres, pelo que Allah preferiu alguns a outros (3) e pelo que despendem de suas riquezas. 
Então, as integras são devotas custodias da honra, na ausência dos maridos, pelo que Allah as custodiou. 
E aquelas de quem temeis a desobediência, exortai-as, pois, e abandonai-as no leito, e batei-lhes (4). 
Então, se eles (sic) vos obedecem, não busqueis meios de importuna-las. Por certo, Allah é Altíssimo, Grande.”



Blogueiro Marcelo: Inconformado e preocupado em deixar claro que este blogueiro que vos escreve é totalmente contra qualquer tipo de violência contra a mulher, seja ela física ou psicológica, tentei encontrar um contraponto em relação a tudo que foi visto acima.

Para meu espanto, não encontrei algo que fosse explicado (uma interpretação clara de que isso não deve ser feito contra a mulher no Islã).

Confesso que isso me deixa espantado e que por mais esforço que faça para aceitar uma cultura oriental, diferente da nossa, ou nem tanto na prática, mas não nas religiões, ao menos me parece isso, esta regra do Islã não tem como ser aceita pela minha pessoa.  

post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.