Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sábado, 23 de abril de 2016

Coisas Bacanas.

Universitário transforma marca de nascença em mapa de lugar imaginário.


Um universitário americano de 25 anos decidiu transformar uma marca de nascença que cobre boa parte de seu braço direito em uma mapa de um mundo imaginário.
Identificado como Mneneon no Reddit, Jacob publicou imagens do braço demarcado com caneta na rede social e as fotos 'viralizaram'.
Segundo o estudante, foi difícil aceitar as marcas no início, mas ele aprendeu a sentir orgulho das cores. 

Em seus mapas, o vermelho de sua pele simboliza a terra e o branco representa o oceano. 

"Eu nasci com um mapa de lugares que não existem", diz uma publicação do jovem.
O desenho que leva cerca de 1 hora e meia para ser finalizado foi intitulado "birthmap" (mapa de nascimento).


Apesar de gostar de compartilhar sua história e dizer que poderia contá-la "uma centena de vezes", Jacob afirma que jamais poderia relatar a experiência de ter crescido com ela. 

"Sua marca de nascença não define você mais do que você deixa", escreve.

"Senti orgulho que as marcas que distinguem a minha pele não foram escolhidas, mas o resultado de mutações genéticas peculiares e, até agora, isto é mais significativo para mim".


post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.