Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

domingo, 23 de novembro de 2014

Dica do Blogueiro.


CLÁSSICOS DA LITERATURA MUNDIAL SÃO ADAPTADOS PARA OS JOVENS BRASILEIROS.
Coleção une obras de Oscar Wilde, Charles Dickens, Goethe, William Shakespeare e Edgard Allan Poe, com histórias de autores brasileiros
A Editora Mundo Mirim proporciona aos adolescentes conhecer histórias de grandes nomes da literatura mundial, que foram adaptadas especialmente para eles, a Série Cara e Coroa: Um Tema, Duas Histórias em um Único Livro. Composta por cinco livros, a coleção proporciona ao leitor brasileiro um contato com enredos e personagens de autores clássicos que marcaram o tempo e a sociedade.
A série Cara e Coroa oferece as duas faces de uma preciosa moeda literária. O leitor terá a adaptação do texto prestigiado, clássico (a coroa) junto a uma narrativa original do autor da adaptação (a cara), sobre o mesmo tema e com linguagem ágil, apresentando referências cotidianas e elementos modernos.

Confira os livros que fazem parte da coleção:


O Guinéu da Órfã, de Charles Dickens/A Gente Muda por Amor, de Marcia Kupstas: Séculos diferentes, personagens diferentes, gêneros diferentes, porém uma mesma história que vivencia o mesmo drama: a orfandade. 

Nesta bela obra com adaptação de um clássico de Charles Dickens e uma narrativa original de Marcia Kupstas, o leitor irá se emocionar com enredos que o seduzem e sensibilizam.


Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe/A História de Alex, de Regina Drummond: O segundo livro da série Cara e Coroa apresenta duas histórias em um único livro. 

No encontro de um texto clássico de Goethe com o contemporâneo de Regina Drummond, o leitor irá conhecer a história de dois jovens sensíveis e perigosamente autodestrutíveis. Ambas, parecidas no contexto comum aos personagens, mas diferentes nos finais emocionantes e reveladores.


A Megera Domada, de William Shakespeare/Juvenília, de Dionísio Jacob: Que os opostos se atraem, muitos já sabem. Mas, na 3ª obra da série "Cara e Coroa", a eterna "guerra dos sexos" é apresentada em duas histórias que nos fazem refletir sobre os dramas, as angústias e as personalidades conflitantes das relações amorosas presente nas narrativas dos diferentes personagens. 

Um encontro do clássico com o contemporâneo que vai fazer você rir e se emocionar. Um livro "dois em um" com rico material literário e entretenimento.


O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde/A garota da Capa, de Isabel Vieira: Se na clássica história de Oscar Wilde um jovem lindíssimo que deseja a eternidade aprisiona sua alma em uma pintura, no conto contemporâneo de Isabel Vieira se tem uma garota que sonha com a carreira de modelo fotográfico e aposta tudo para conseguir fama e sucesso. 

Diferente do terrível destino de Dorian Gray, ela consegue reavaliar suas atitudes e mudar o rumo da própria vida.


Os assassinatos da Rua Morgue, de Edgar Allan Poe/Gritos na Noite, de Luís Grill: Este volume da coleção Cara e Coroa é mais uma empolgante obra que apresenta duas histórias: uma clássica e uma contemporânea, as quais prometem surpreender o leitor. 

Na primeira, a certidão de nascimento dos contos policiais em "Os assassinatos da rua Morgue", de autoria do norte-americano Edgar Allan Poe, considerado o precursor das histórias desse gênero. 

Já em "Gritos na noite", Luís Dill faz uma releitura do conto clássico, onde na primeira parte temos quase que uma paródia, e na segunda parte uma continuação da história relatada sessenta anos depois. Em ambas, o leitor envolve-se em textos que os tornam cúmplices das investigações.
Editora mundo mirim na web:
Post: Marcelo Ferla
fonte: Editora Mundo Mirim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.