Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

domingo, 19 de outubro de 2014

Apoio essa luta!!!!


Outubro rosa – Livro para público infantil aborda câncer de mama e superação.
Após enfrentar a doença, Juliana Vermelho Martins inspirou-se para contar história de jovem mãe que não perde a esperança com diagnóstico.

                                   
O décimo mês do ano tornou-se, há algum tempo, um símbolo mundial da luta contra o câncer de mama.

O “Outubro Rosa”, como ficou conhecido o movimento popular que começou nos Estados Unidos, ganha novos adeptos a cada ano, e tem como objetivo alertar a população para a realidade atual da doença e a importância do diagnóstico precoce.
O assunto é sério. O câncer de mama é o que mais acomete mulheres em todo mundo. Mas como abordar um assunto tão delicado com as crianças?

O lançamento da Editora FTD Mamãe tá careca, de Juliana Vermelho Martins, pode ser um bom começo. 

No livro, que a autora decidiu escrever depois de ter enfrentado a doença, a jovem Mãe Mônica é diagnosticada com câncer de mama, ainda no início da manifestação da doença. Este acontecimento abala toda a família, principalmente os filhos pequenos.
Para se proteger do medo da doença e da morte, o filho Leonardo, de nove anos, cria um mundo de fantasia onde seus heróis de brinquedo nem sempre vencem a luta contra o mal. 

Após a cirurgia de remoção do nódulo, Mônica enfrenta a quimioterapia. Cheia de incertezas, mas mantendo a esperança, encara com coragem esse doloroso momento de sua vida e ainda consegue ajudar os filhos pequenos a compreender a situação e enfrentar o medo da morte.
A obra, indicada para crianças que cursam a partir do 5º ano do Ensino Fundamental, fala do tema de forma sensível e traz para o universo infantil a reflexão sobre saúde, doença e a importância de sempre manter viva a esperança.

O livro é baseado na trajetória da própria autora, que descobriu a doença e passou por um longo processo de tratamento. As ilustrações de Cecilia Esteves conferem delicadeza à narrativa.

A autora:
Juliana Vermelho Martins nasceu em Curitiba, Paraná. É casada, tem dois filhos e, durante dez anos, trabalhou como professora universitária na área de Informática. 

Decidida a lecionar francês, mudou-se para França com a família. De volta ao Brasil, descobriu o câncer de mama.

Foram longos meses de tratamento e, quando a parte mais difícil chegou ao fim, veio a vontade de contar a história “Mamãe tá careca”.



A ilustradora:
Cecilia Esteves começou sua trajetória profissional formando-se na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Desde o início de sua carreira, dedicou-se à ilustração, aprofundando seus estudos em uma escola de animação na França. 

Em 1998, abriu seu próprio estúdio, na cidade de São Paulo, e é ali que desenvolve trabalhos para diversas editoras, materiais institucionais, embalagens e criação de personagens.
Informações técnicas
Autora: Juliana Vermelho Martins
Ilustradora: Cecilia Esteves
Páginas: 80
Temas abordados: Câncer, superação, morte
Temas transversais: Ética, saúde
Recomendação: 5º ano

fonte:Editora FTD
post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.