Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Curiosidades.

A inexorabilidade do tempo. Como seus artistas favoritos seriam hoje?
Há muita gente que sai de cena cedo demais, Kurt Cobain, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, John Lennon, Elvis Presley, entre tantos outros. Suas imagens, porém, permanecem intactas em nosso imaginário.
Mas você já imaginou como eles seriam hoje se vivo estivessem? O site da Sachs Media Group em parceria com a companhia especializada em manipulação digital PhoJoe sim.
Com o título de Rock & Roll Heaven, a brincadeira além de recriar seus rostos, também convidou dois especialistas em música para dar seus pitacos sobre como as carreiras deles estariam. Para ler os insights e o ensaio completo, acesse sachsmedia.com/rockheaven.

Veja os retratos mais interessantes:

Bob Marley – seria um ícone da world music, gravando com artistas dos mais diversos continentes.


Kurt Cobain – continuaria com o Nirvana, mas dedicaria-se também a projetos conceituais.


Elvis Presley – assim como Johnny Cash, participaria como convidado especial de jovens artistas e focaria sua carreira nas raízes do blues e country music.

 

Jimi Hendrix – seria famoso por suas explorações sonoras e tecnológicas, misturando gêneros como funk e jazz ao rock.


Janis Joplin – ainda que seu estilo de vida não garantisse uma longevidade, ela teria uma carreira equivalente a nomes como Tina Turner e Joe Cocker.


John Lennon – longe da música, dedicaria-se à família e às causas sociais, nos moldes de nomes como Bob Geldof e Bono.


Jim Morrison – seria uma referência no cinema independente do fim dos anos 70 e dedicaria-se cada vez mais à poesia, deixando a música de lado.



 Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.