Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Aprenda.

Campanha devolve cocô de cachorro aos donos que “esqueceram” de recolhê-lo.


Brunete é um povoado espanhol de dez mil habitantes, vizinho a Madrid, e que chamou a atenção de outras cidades do país por conta de uma campanha governamental criativa e eficiente. O objetivo: reduzir a quantidade de cocô de cachorro espalhado em suas ruas.
Depois de uma ação em 2012 que não teve efeito, a prefeitura da cidade, em parceria com a agência McCann, lançou a campanha “Objetos Perdidos”. Os objetos em questão são as fezes caninas, entregues numa embalagem àqueles donos – digamos – distraídos, que “esqueceram” de recolher a sujeira e dar-lhe o destino correto..
O esquema de devolução dos dejetos caninos funcionou assim: uma equipe foi às ruas para observar os passeios dos moradores com seus cachorros. Quando um voluntário detectava que alguém não recolhia as fezes do animal, se aproximava de seu dono para fazer carinho no bicho e aproveitava para perguntar seu nome e raça. Outro recolhia o cocô e o embalava. Mais tarde, checavam o endereço do cachorro na base de dados da prefeitura que mantém registrados todos os animais domésticos da cidade. Aí era só bater na porta de sua casa para devolver a sujeira.
As caixas com o “objeto perdido” foram entregues a 147 pessoas. O pacote também incorporava uma advertência dizendo que a próxima vez em que o cocô de seu cachorro fosse deixado na rua poderia render multa de até 300 euros.
Curtiu? A campanha fez sucesso, tanto nas redes sociais, em que ficou conhecida como #cacaexpress, como no meio publicitário. No último Festival Internacional de Cannes, realizado em maio, a campanha ganhou o prêmio leão de bronze. Mas o mais importante: conseguiu reduzir em 70% a quantidade de cocô de cachorro das ruas de Brunete.
 
Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.