Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Falando nisso.

Camisinha anti-estupro é distribuída na África do Sul.

Esta notícia na verdade é do ano de 2010, mas achei interessante postá-la hoje, já que continuamos vivendo em um mundo de caos e violência contra a mulher. Há 40 anos, na África do Sul, uma vítima de estupro foi atendida pela Doutora Sonnet Ehlers. A doutora conta: “Ela olhou para mim e disse, ‘Se pelo menos eu tivesse dentes lá embaixo...’”. A ideia ficou quarenta anos maturando na cabeça da doutora e em 2006 se transformou em realidade.


A Rape-aXe é uma camisinha feminina com dentes internos, que “mordem” o pênis do estuprador. Quando o agressor retira o membro de dentro da vítima, os dentes rígidos e afiados entram na pele, causando imensa dor. Ele não consegue urinar e é tanta dor que mal consegue andar.


A camisinha está sendo distribuída gratuitamente em cidades da África do Sul em que acontecem jogos da Copa do Mundo de futebol. O produto também pode ser comprado por US$ 2 (R$ 3,50).
Uma vez que o estuprador é mordido, ele não pode tirar sozinho a camisinha, correndo o risco de piorar a situação. Ele só consegue remover o dispositivo com ajuda médica. Consequentemente, vai ser preso pelo estupro.
Alguns críticos dizem que a Rape-aXe é um instrumento medieval, e que mantém as mulheres reféns do medo de serem estupradas. Ehlers diz que “é uma resposta medieval para um problema medieval”.


O que você acha? Essa camisinha dentada vai prevenir estupros e ajudar a prender os estupradores, ou vai fazer com que as mulheres voltem a usar um tipo de cinto de castidade e os agressores tornem-se mais violentos?

Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.