Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sábado, 21 de janeiro de 2017

Marilyn Monroe sob a Lente de Fotógrafos Famosos.


Marilyn Monroe sob a Lente de Fotógrafos Famosos.
Carla Marinho


Marilyn Monroe iniciou a carreira como modelo em 1945, sob as vistas de André de Dienes. Ainda se chamava Norma Jeane, mas seu destino estava traçado. 
Ela tinha um caso de amor intenso com as câmeras e se tornou uma das mulheres mais fotografadas de todos os tempos.
A loura que fascina o mundo há mais de meio século foi retratada por centenas de fotógrafos, alguns dos quais se tornaram célebres por suas fotos da diva. 
Após sua morte, algumas fotos se tornaram icônicas e serviram para alavancar suas carreiras de maneira significativa quando alguns lançaram livros contando a experiência de fotografar a mulher mais famosa do século 20. 
E em entrevistas concederam seu olhar sobre a estrela que atraía todas as câmeras para si. 
Essa é a primeira parte de uma série em que mostraremos os mais famosos cliques da eterna Marilyn Monroe. 

George Barris
Barris fotografou Marilyn pela primeira vez em 1954, durante as filmagens de The Seven Year Itch. 
Desde então a atriz sempre o chamava para fazer seus registros. 
O relacionamento entre eles foi extremamente profissional, mas se tornaram amigos íntimos. 
Essa cumplicidade está explícita nas fotos que ele tirou, mostrando uma Marilyn confiante e natural. 
O fotógrafo foi também o responsável por um dos últimos ensaios dela, três semanas antes de morrer em 1962. 

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris.
Santa Monica, 1962. Foto de George Barris
Santa Monica, 1962. Foto de George Barris

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris
Santa Monica, 1962. Foto de George Barris.

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris.

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris

Santa Monica, 1962. Foto de George Barris
Ted Baron
Baron era o fotógrafo oficial da família real britânica e foi chamado para ir a Hollywood e fotografar grandes personalidades como Elizabeth Taylor, Cyd Charisse e Pier Angeli. 
A sessão de fotos com Marilyn foi realizada no último dia de sua estadia lá. 
As fotos foram realizadas ao ar livre e com iluminação suave fornecida pelo sol do fim da tarde. 
Segundo Baron, ela era uma das mulheres mais atraentes que ele já conhecera, embora um pouco triste. 
Segundo o fotógrafo, "Ela não sabe que é sexy. 
Ela simplesmente é. 
O sucesso de Monroe é um triunfo da natureza. Marilyn faz tudo por instinto". 

By Ted Baron, Palm Springs, 1954

By Ted Baron, Palm Springs, 1954

 By Ted Baron, Palm Springs, 1954
By Ted Baron, Palm Springs, 1954



By Ted Baron, Palm Springs, 1954

By Ted Baron, Palm Springs, 1954

By Ted Baron, Palm Springs, 1954

By Ted Baron, Palm Springs, 1954


Sam Shaw
Shaw foi o responsável pela icônica foto de Marilyn com a saia esvoaçante, tirada nos sets de O Pecado Mora ao Lado, em 1954
A foto iria estampar revistas de todo o mundo, trazendo publicidade para o filme e consagrando a atriz como um dos símbolos de uma era. 
Os dois eram muito amigos e após a morte de Marilyn ele se recusou a publicar fotos dela durante dez anos. 
Ele também a fotografou na praia em Amagansett, em 1957. 
Na época ela estava casada com Arthur Miller e estava no auge de sua carreira. “Marilyn nasceu para os fotógrafos. Era o ser humano ideal para se fotografar”, disse Sam Shaw. 

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.

  By Sam Shaw, 1956
By Sam Shaw, 1956.



By Sam Shaw, 1956.

By Sam Shaw, 1956.
Bert Stern
Seis semanas antes de morrer, Marilyn Monroe posou para Stern em uma suíte do hotel Bel-Air, em Los Angeles. 
Nas fotos ela demonstra apesar da beleza um certo cansaço, proveniente da pressão que vinha sofrendo nos últimos tempos. 
Bebendo Pérignon em algumas delas, ela surge natural e nua. 
Após três dias de trabalho, mais de 2000 fotos foram tiradas. 
O fotógrafo as publicou em um livro que lançou em 1982 e que intitulou Marilyn Monroe - A Última Sessão
Nas fotos é possível ver a cicatriz de uma cirurgia de vesícula. 

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

By Bert Stern, 1962.

Richard Avedon
Em 1958 Marilyn posou para a LIFE, tendo como fotógrafo Richard Avedon. 
"Durante horas ela dançou, cantou e flertou, fazendo essas coisas que fazem dela Marilyn Monroe. 
Então aconteceu o inevitável. 
Quando a noite, o vinho e a dança acabaram, ela se sentou em um canto como uma criança, em silêncio e sem expressão. 
Mas eu jamais a fotografaria sem o seu consentimento"

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.

By Richard Avedon.
Milton Greene
Greene iniciou os trabalhos com Monroe após tirar fotos dela para a LOOK, em 1953. 
Os dois iniciaram uma grande amizade e estiveram juntos em cerca de 53 sessões de fotos, algumas das quais se tornaram bem conhecidas como a "The Black Sitting". 
A foto em que ela aparece com uma saia de balé foi eleita pela Revista TIME como uma das três mais populares do século 20. 

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.

Marilyn Monroe by Milton Greene.
Marilyn Monroe by Milton Greene.
Cecil Beaton

Beaton foi um dos mas célebres fotógrafos do século 20, retratando astros desde a década de 20, pois todos queriam ser fotografados por ele. 
Após três meses de espera, ele e Marilyn se encontraram em uma suíte no hotel Ambassador de Nova York. 
Segundo o fotógrafo, "Ela brinca, grita com prazer, pula no sofá, coloca uma haste da flor na boca, fuma uma margarida como se fosse um cigarro. 
É ingênua e contagiante. 
Provavelmente vai acabar em lágrimas". 

By Cecil Beaton.

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton

By Cecil Beaton
Eve Arnold
A fotógrafa norte-americana Eve Arnold fez várias sessões de fotos com Marilyn Monroe ao longo de dez anos. 
Nas fotos um retrato do glamour e cotidiano da diva. 
Dentre os trabalhos mais famosos da dupla está o realizado durante as filmagens de Os Desajustados (1960). 
Nelas o registro do cansaço da diva e a degradação emocional pela qual ela passava. 

By Eve Arnold.

By Eve Arnold

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.

By Eve Arnold.
post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.