Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sábado, 21 de janeiro de 2017

Código do atraso.


Código do atraso.
Na Câmara de São Bernardo, mulheres não podem usar batom ou esmaltes escuros.

RIDÍCULO Pery Cartola impõe regras que impedem mulher de exibir as costas.
O novo presidente da Câmara de Vereadores de São Bernardo do Campo, Pery Cartola (PSDB), deu uma enorme contribuição esta semana para os que desacreditam nos políticos. 
Ele assumiu no último dia 1º e, ao invés de apresentar projetos para resolver os problemas da cidade no ABC paulista, onde a pobreza domina a periferia, preferiu editar um manual de conduta para ser seguido por todos os 28 vereadores e as centenas de funcionários da Casa.
O ridículo código de conduta especifica como todos devem se comportar no interior da Câmara, desde a forma de se vestir, até como os homens devem apertar a mão dos outros: três sacudidas.
As mulheres devem evitar vestidos com rendas e babados. 
Precisam usar batons e esmaltes com tons mais claros e não exibir o colo e as costas, para “não parecerem periguetes”, segundo Cartola. 
Já os homens devem evitar meias claras para trajes escuros. 
As meias, imagine só, têm que combinar com a calça e o sapato.

post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.