Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

terça-feira, 16 de junho de 2015

Brasil desconhecido.



Animalesco.

Choveu muito em São Leopoldo na noite passada. E eu não sei por onde andou o Batata. 

Na verdade, sequer sei o nome do Batata. 

Também não sei se ele buscou um viaduto ou uma marquise como abrigo pra fugir do temporal. Não sei.
Talvez tenha se afogado em uma garrafa de pinga pra não sentir o dilúvio que pinga na sua alma. 

Ou então correu atrás de uns trocados pra sustentar os mesmos vícios que destroem os lares mais abonados e poderosos da cidade, pois a droga não faz cerimônia pra dominar quem mora na calçada ou no condomínio fechado.
Quem sabe o Batata tenha arrumado um colchão velho e um pedaço de cobertor pra dormir com um restinho de dignidade? 

Ou ficou vagando encharcado mesmo, pedindo comida e conversando com vira-lata no meio da rua. 

São todas hipóteses trágicas, mas plausíveis ao destino do Batata.
Afinal, o que é relento e um pé d'água pra quem levou um banho de covardia? 

O que é um banho de chuva pra quem levou um balde de desrespeito por ter tido a petulância de dormir onde os outros pisam? 

O que são litros e mais litros de lágrimas divinas pra quem foi chamado de vagabundo por ousar sonhar na sarjeta?
Provavelmente o banho de balde doa mais na gente do que no próprio Batata, já que pra ele, com certeza, não foi a primeira vez. 


E já deve ter sido bem pior. A diferença é que agora a covardia foi gravada, escancarada, postada e compartilhada. Só não dá pra curtir.

post: Marcelo Ferla
texto: Vinicius Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.