Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quinta-feira, 21 de maio de 2015

O ser humano tem um dom único de enfrentar e superar seus próprios limites.


HOMEM SEM AS PERNAS SUPERA SEUS PRÓPRIOS LIMITES E ESCALA UMA DAS MAIS PERIGOSAS MONTANHAS DA CHINA.
Luan Santos por Luan Santos


O ser humano tem um dom único de enfrentar e superar seus próprios limites, e foi que este homem fez, ele não tem as duas pernas mas mesmo assim escalou as mais perigosas montanhas da China.


Chen Zhou é um chinês de 26 anos, e que mostrou a importância da mente e da força de vontade. 

Ele perdeu as duas pernas em um acidente com um trem durante a adolescência, mas nunca deixou de acreditar no seu sonho de ser alpinista e escalar montanhas como qualquer pessoa.


Após ter tentado a sobrevivência cantando nas ruas e engraxando sapatos, Chen quis testar seus limites. 

Munido apenas de um par de caixas artesanais, que usa para se apoiar e subir os milhares de degraus de pedra que aparecem pela frente nas subidas, Zhou conseguiu o feito de escalar as cinco montanhas mais altas e famosas da China, com locais que chegam a formar ângulos de 90 graus. 
Veja o vídeo:


post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.