Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Sabia dessa?


Mauricio de Sousa lança novo personagem.
Marcelinho foi baseado em seu 10º filho que nasceu com o “DNA” da economia.


São 10 filhos e todos, menos Marcelinho, já haviam se tornado personagens dos gibis da Turma da Mônica. Mônica, Mariângela (Maria Cebolinha), Magali, Mauricio Spada (Professor Spada e Dr. Spam), as gêmeas Vanda e Valéria, Mauro (Nimbus), Marina e Mauricio Takeda (Do Contra) já entraram nas historinhas e são conhecidos dos leitores.
Marcelinho é um novo vizinho da turminha, que adora números, economiza e preza pela sustentabilidade. 

Às vezes exagera na economia, o que deixará Mônica e seus amigos em conflito.
Marcelo de Sousa é o filho mais novo (16 anos) de Mauricio de Sousa, mas desde os 10 anos está para se transformar em personagem também. “Ele já nasceu com o ‘chip’ de econômico e preocupado com a sustentabilidade do planeta. Demorou porque, de início, pensei em criar o personagem Marcelinho, o ‘Certinho’. 

E ele disse que não queria porque iria ‘pagar um mico’ com os amigos da escola. Assim, ficou apenas Marcelinho. 

Acertado isso, ficamos estudando como seria o personagem visualmente, seus pais, suas possibilidades e isso demora mesmo para finalizar”, conta Mauricio de Sousa.
O autor já tem mais de 400 personagens criados para suas historinhas nesses 54 anos de carreira. 

E, pelo jeito, não vai parar por aí. Tem mais 11 netos na fila que, um dia, também poderão ver seus traços nos quadrinhos da turminha.

O dia 31 de janeiro foi escolhido para o lançamento por conta da comemoração do Dia do Quadrinho Brasileiro, que aconteceu no dia 30 deste mês.
Marcelinho disse que já estava pressionando o pai para que seu personagem fosse finalmente lançado e que ficou contente com o desenho e personalidade desenvolvidos. 

Além de suas preocupações com o meio ambiente e o controle dos gastos familiares, ele gosta muito de futebol e de desenhar.
A primeira tira de apresentação do personagem à turminha, pela Mônica, já fala de um problema que o Brasil está vivendo: a falta de água.
A publicação será inicialmente exclusiva no site da Turma da Mônica (www.turmadamonica.com.br) com uma nova tira semanal sendo postada a cada quinta-feira. 

Depois, poderá entrar nas tiras publicadas em jornais pelo Brasil e nas historinhas das revistas mensais da Turma da Mônica.

Sobre Mauricio de Sousa
Mauricio de Sousa iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. 

Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. 

A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. 

Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini. 

Mais de 100 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir quase três mil itens, com os personagens de Mauricio de Sousa; suas criações chegam a cerca de 30 países.

post: Marcelo Ferla
fonte: Way Comunicações

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.