Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Coisas bacanas.


Personagens de desenho como você nunca viu.
Retratos hiper-realistas são perturbadores.


Personagens de desenhos, jogos e filmes sempre despertaram nosso interesse, em especial com o questionamento: como eles seriam se existissem de verdade? Bom, essas fotos infelizmente (ou felizmente) não respondem a essa pergunta, mas facilitam um pouco a difícil tarefa de imaginar os personagens que amamos no nosso cotidiano. O mais perturbador é que parece que quanto mais infantil o desenho, mais macabra é sua versão realista. Dê uma conferida no Popeye e Patrick Estrela, por exemplo:

Donatello

Beavis & Butthead
 
Sininho
  
Patrick Estrela
 
Fred Flintstone
Scooby, cadê você meu filho?
D'oh
American Dad
Futurama
Charlie Brown
Jessica Rabbit
South Park
Sideshow Bob (os Simpsons)
Petter Griffin

Bart
Brock
Buzz Lightyear
Stewie Griffin

Popeye (medo)
Mais medo ainda
E lá se vai minha noite de sono...
Mamma mia!

It'sa me, Mario!

E aí, o que achou? A texturização da pele, pelos e rugas são impressionantes, e pra ser sincero eu acho que gostava mais deles na versão natural, mesmo. Se eles fossem assim acho que teria passado (bem) menos tempo vendo desenhos na infância.
Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.