Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Opinião do Blogueiro.


Políticos de toga

Não falo quase de direito aqui no blog. Aqueles que me conhecem sabem que este espaço é um hobbie sério meu, onde exponho minhas opiniões a cerca de assuntos que me chamam atenção, ora por serem polêmicos, ora por sua natureza bela ou horrenda. É um local de extremos, das coisas belas que admiro, as mais repugnantes que já passaram por aqui, mas que são necessárias de serem reveladas e comentadas. 

Hoje abrirei um exceção, não sei bem se uma exceção, mas o que espero é que mais tarde, com o passar do tempo, não me engane a respeito deste homem que, até presente momento, vêm se demonstrando reto e ético em suas decisões e no exercício de seu ofício.

Antes algumas observações. Para aqueles que tem a ilusão, como um dia tive na faculdade de que o nosso STF em sendo a maior instituição de nosso Poder Judiciário e que este Supremo não tem exclusivamente conotação política se equivoca, por completo. O STF é sim e, sempre o foi, uma instituição do Poder Judiciário que decide de forma política.

Exemplo disto mais do que clássico nas cátedras acadêmicas, são os exemplos de colegas meus que trabalham com causas que envolvem as instituições financeiras do país (bancos) e que são claramente protegidas por essa instituição por uma questão de segurança judicial e proteção da economia do país como um todo. Interesses recíprocos e relação de boa vizinhança.      

Quanto ao homem a que me refiro, todos o conhecem e já devem saber quem é, falo do ilustre Presidente do STF Joaquim Barbosa, que com todas as suas forças e contra seu problema crônico nas costas lutou, até onde pode, para que o futuro do país na esfera política se tornasse mais correto e reto. Não obteve sucesso.

Não o conseguiu, eis que para que vingasse o correto, o claro, o transparente contido no processo do mensalão do PT aos olhos de quem quisesse saber, e soubemos,  bem como o julgamento dos recursos que defendiam a absolvição da quadrilha sim deste partido, seria necessário que os pares de Barbosa decidissem e fundamentassem de forma favorável em seus votos ditos técnicos (entenda-se utilizando estes, furos jurídicos que os permitem decidir legalmente assim) pela absolvição de 11 réus pelo crime de formação de quadrilha, o que traz como efeito imediato, saibam todos, a mudança de regime de prisão de José Dirceu e companhia do fechado para o semi-aberto.

Políticos e pessoas com influência avassaladora neste país, ainda não pagam pelo que fazem contra o povo neste país, não fora desta vez, independente do esforço de Barbosa. Restou a este um desabafo triste da realidade que todos presenciamos, a realidade de fatos claros a serem punidos contrastando com a realidade do fato de os criminosos, por serem quem são, terem sido absolvidos de um crime (Formação de quadrilha) que os coloca em uma situação completamente diferente da que deveriam ficar, mas quiseram os colegas Ministros de Barbosa colocar os criminosos em situação muito mais favorável a estes.

Restou a Barbosa as palavras por ele proferidas ao final do julgamento resumindo de forma eficiente a decepção de quem trabalhou meses a fio para tentar mudar, através de um início de reforma na punibilidade de políticos no país que não aconteceu, infelizmente. Fico decepcionado como Barbosa ficou eis que ainda sofremos dos mesmos males. Nada mudou.
    

Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.