Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Animais.

Nova espécie de golfinho-corcunda é descoberta na Austrália
Pesquisadores fizeram análise minuciosa e concluíram que alguns animais pertenciam a espécie desconhecida.


Um grupo de biólogos isolou uma espécie desconhecida de golfinho-corcunda perto da costa setentrional da Austrália enquanto estudava seus primos do Hemisfério Sul. A equipe, dirigida pela Wildlife Conservation Society de Nova York, identificou uma nova espécie do tipo "Sousa" após um trabalhoso processo de análises e de comparações biogenéticas.


Os pesquisadores fizeram as necropsias de quase 200 golfinhos mortos para compará-los com os golfinhos-corcundas que vivem nos oceanos Atlântico, Índico e Indo-Pacífico, nos quais foram realizadas biópsias.
Depois estudaram o bico e a dentição dos animais à luz das informações disponíveis relativas a 180 crânios de espécimes de museu ou de exemplares que chegaram mortos à costa. Finalmente, decifraram o DNA de 235 golfinhos. Este trabalho permitiu identificar uma nova espécie de golfinho-corcunda que é encontrada frequentemente nas águas do norte da Austrália.
"Nossas análises genéticas e morfológicas provam que existem ao menos quatro espécies desta família de golfinhos", indicou o pesquisador Martin Mendez em um artigo publicado na última edição do periódico científico Molecular Ecology. Uma destas espécies "é nova e até então não havia sido identificada", acrescentou.
Os cientistas suspeitavam há muito tempo que existiam espécies diferentes nas águas australianas, mas até este momento não haviam sido capazes de provar sua hipótese, lembrou o biólogo Guido Parra, da Flinders University, na Austrália.
"Antes, os dados disponíveis sempre eram limitados, fossem simplesmente genéticos ou baseados em estudos taxonômicos tradicionais", explicou. "Nós pudemos conjugar os dois e nos dedicar ao espectro completo" da espécie, acrescentou.
A Wildlife Conservation Society afirmou que se tratava de uma descoberta importante. "Esta descoberta ajuda a compreender melhor a história da evolução deste grupo animal e a adaptar melhor as políticas de preservação de cada uma das espécies", declarou Mendez.
Os golfinhos-corcundas são chamados assim porque possuem uma corcova característica logo abaixo de sua barbatana dorsal, cuja forma alongada também é característica.
O golfinho-corcunda, que é uma das 80 espécies de cetáceos, ocupa um território que se estende dos confins do Pacífico da Austrália até a África ocidental. Mede mais de dois metros de comprimento ao atingir a idade adulta e vive perto da costa, em estuários.
O trabalho dos pesquisadores será alvo de um pedido formal de denominação de uma nova espécie ante a Comissão Internacional de Nomenclatura Zoológica.
Além do golfinho "australiano", que precisa receber uma nomenclatura, propõem o reconhecimento do golfinho-corcunda do Índico (Sousa plumbea), do golfinho-corcunda do Indo-Pacífico ou golfinho branco da China (Sousa Chinensis) e do golfinho-corcunda do Atlântico ou golfinho de Camarões (Sousa teuszii).

Marcelo Ferla
fonte: Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.