Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Super Phazed: GIFs e ilustras de sexo psicodélico.


Super Phazed: GIFs e ilustras de sexo psicodélico.


Jean Francois Painchaud é um animador canadense que trabalha para empresas de desenhos animados, mas apavora nuns GIFs pornográficos fluorescentes com exageros psicodélicos.
Ele ficou mais famoso depois que foi banido da rede social Facebook por abusar de poses de homens e mulheres nus em situações explícitas que muitos dariam um braço para protagonizar.
Quando o marginalizaram na rede social, suas contas de FB, twitter e Tumblr acumularam 45 mil seguidores quase que da noite para o dia. 
A atitude foi praticamente um bumerangue que impulsionou a carreira do artista.
Painchaud estudou animação, arte conceitual e desenvolvimento de games, mas afirma que seu trabalho só mudou após o consumo de cogumelos mágicos. 
Isto foi algo que mudou a vida do artista porque ele usou os cogus para tratar depressão, ansiedade e outros problemas vindos do bullying escolar e relação com o pai.
Para o animador, sexo e psicodelia são formas maravilhosas de transcender o próprio ego e atingir um estado mais puro de existência =).






























post: Marcelo Ferla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião.