Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

"Perdido em Marte" estreia nos cinemas em meio à descoberta de água no Planeta Vermelho”.


"Perdido em Marte" estreia nos cinemas em meio à descoberta de água no Planeta Vermelho”.
Ficção científica dirigida por Ridley Scott tem Matt Damon no papel de astronauta deixado sozinho em Marte pelos companheiros após incidente com missão espacial da Nasa.


Tão logo a Nasa anunciou a existência de água salgada no Planeta Vermelho, Ridley Scott levantou a plaquinha: "Eu já sabia". Verdade ou oportunismo do diretor britânico, é fato que seu filme Perdido em Marte ganha, com a revelação, uma enorme propulsão no marketing. 

Soubesse disso, o astronauta vivido por Matt Damon na ficção científica que tem estreia mundial nesta semana – quinta-feira no Brasil – não passaria pelo aperto que encara ao se ver isolado em Marte após ser deixado para trás pelos companheiros de missão espacial — drama que Scott encena com a competência técnica característica e boas doses de tensão.
Perdido em Marte adapta o livro homônimo lançado em 2011 por Andy Weir, que acaba de ganhar nova edição no Brasil. 

Durante a produção do filme, Scott e o roteirista Drew Goddard contaram com suporte científico da Nasa, a Agência Espacial Americana. 

Essa proximidade, como Scott disse ao jornal The New York Times, fez com que ele tivesse, há cerca de dois meses, acesso às fotografias reveladas na segunda passada. 

O diretor ainda brincou dizendo que, se o filme não estivesse pronto, poderia ser "fascinante" incluir a descoberta na trama, apesar da reviravolta no roteiro. 

Isso porque um dos primeiros expedientes do astronauta Mark Watney, personagem de Damon, para sobreviver em Marte é justamente criar uma engenhoca para produzir água por meio de vaporização.
Autor de dois referenciais clássicos da ficção científica – Alien, o Oitavo Passageiro (1979) e Blade Runner, o Caçador de Androides (1982) –, Scott por vezes parece que vai fazer de Perdido em Marte outro filme memorável do gênero. 

Mas, assim como ele próprio em Prometheus (2012), e também colegas como Alfonso Cuarón em Gravidade (2013) e Christopher Nolan em Interestelar (2014), seu foco está no mercado global, nas plateias que não parecem mais tão receptivas, como as de décadas atrás, a filmes de ficção científica que prospectem reflexões mais elaboradas acerca dos mistérios do universo e das inquietações existenciais do homem diante do contato com o que não pode explicar à luz da razão, da fé e do conhecimento.
A trama de Perdido em Marte transcorre entre o incidente que faz Watney ser considerado morto quando a missão da qual faz parte é abortada e seus parceiros deixam o planeta às pressas, o uso do conhecimento que ele, cientista botânico, faz para sobreviver no local inóspito, e a operação em Terra que articula o improvável resgate. 

Com didatismo por vezes exagerado, tanto nas divagações e procedimentos do náufrago espacial quanto nos seus pormenores tecnológicos, o espectador é reiteradamente informado de cada etapa da via-crúcis do astronauta e da luta contra o relógio para trazê-lo de volta em segurança.
Em termos de entretenimento, porém, Scott e Damon, em desempenhos que devem levar Perdido em Marte a figurar com destaque no Oscar 2016, entregam um filme bem acima da média recente do gênero, como os títulos citados acima. 

O elenco conta ainda com Jessica Chastain —que assim, como Damon, marcou presença em Interestelar —, no papel de comandante da missão a Marte, Jeff Daniels, encarnando o diretor da Nasa, além de, entre outros, Sean Bean e Chiwetel Ejiofor.
Sobre um tema de certo modo parecido, mas menos espetaculoso e mais introspectivo, o também cineasta britânico Duncan Jones fez sua estreia em longa-metragem com o muito elogiado e pouco visto Lunar (2009), sobre a fragmentação psicológica de um astronauta isolado em base na Lua. Jones, aliás, em um conexão que vem a calhar neste momento, é filho de David Bowie, que, lá em 1971, questionava em uma de suas mais belas canções: Life on Mars? —Bowie que está presente na trilha sonora de Perdido em Marte com Starman, faixa de 1972.

Perdido em Marte 
De Ridley Scott
Ficção científica, EUA, 2015, 141min. Estreia no circuito nesta quinta-feira, com cópias convencionais e 3D
Cotação: 3/5 



post: Marcelo Ferla 

Continue Lendo... ►

Brasileiro sai às pressas de Israel após fotografar palestina sendo morta.


Brasileiro sai às pressas de Israel após fotografar palestina sendo morta.
Observador de direitos humanos, Marcel Leme estava na Cisjordânia quando presenciou a cena e a registrou em imagens que viralizaram.
Com medo de represálias após fotografar um soldado israelense apontando sua arma para a estudante palestina Hadeel al-Hashlamon, 18 anos, o brasileiro Marcel Leme, 30 anos, deixou Israel às pressas e viajou para São Paulo na última sexta-feira, dia 25. 

A mulher fotografada por Leme foi morta em Hebron, na Cisjordânia, e a imagem foi difundida pela ONG palestina Youth Against Settlements (Juventude contra os Assentamentos). 

As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
Por questões de segurança, o nome de Marcel Leme não aparecia na imagem, que acabou viralizando, nem nas demais fotos exibidas pela ONG na internet. 

De acordo com a reportagem da Folha, havia risco de ações de colonos israelenses contra o autor da fotografia. 

Leme estava na Cisjordânia como observador de direitos humanos para uma organização cujo nome ele não divulgou.
Ao voltar para o Brasil, Leme falou que seu objetivo era contestar a versão israelense da morte da palestina. 

O exército de Israel afirmou que Hadeel al-Hashlamon tinha uma faca e ameaçava o soldado, mas o observador de direitos humanos ressaltou que ela estava desarmada. 

A ONG palestina argumenta que a jovem se recusou a ser revistada pelos soldados, todos homens, e que por não falar hebraico teve dificuldades em se comunicar.
Leme sustenta que a mulher se aproximou de um posto de controle militar em Hebron, cidade onde centenas de colonos israelenses vivem entre cerca de 170 mil palestinos, e tentou abrir sua bolsa. Assustado, um soldado teria disparado e, na sequência, outro oficial israelense teria dado outro tiro. O brasileiro permaneceu no local, fotografando, até que foi abordado por um soldado.
Veja a polêmica sequência de fotos:





post: Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

Dilma veta financiamento privado de campanha.


Dilma veta financiamento privado de campanha.
Possibilidade de impressão dos votos da urna eletrônica também foi vetada.


A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta terça-feira, com vetos, a Lei da Reforma Eleitoral aprovada pelo Congresso Nacional. 

Foram vetados o financiamento privado de campanha e a possibilidade de impressão dos votos da urna eletrônica, o que já era esperado.
Segundo a justificativa, enviada ao Senado, o Ministério da Justiça e a Advocacia-Geral da União (AGU) se manifestaram pelos vetos relativos ao financiamento empresarial a campanhas e políticos por entenderem que "a possibilidade de doações e contribuições por pessoas jurídicas a partidos políticos e campanhas eleitorais, que seriam regulamentadas por esses dispositivos, confrontaria a igualdade política e os princípios republicano e democrático".
Na razão do veto, o governo lembra que o STF determinou, inclusive, que a execução dessa decisão se aplique a partir das eleições de 2016.
Com relação à impressão dos votos da urna eletrônica, os ministérios do Planejamento e da Justiça manifestaram-se contrários, lembrando que o próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já se colocou contrário à medida, apontando para os altos custos da implementação.
"A medida geraria um impacto aproximado de R$ 1,8 bilhão entre o investimento necessário para a aquisição de equipamentos e as despesas de custeio das eleições. Além disso, esse aumento significativo de despesas não veio acompanhado da estimativa do impacto orçamentário-financeiro, nem da comprovação de adequação orçamentária", acrescenta a justificativa.

Post: Marcelo Ferla
Fonte: Agência Estado

Continue Lendo... ►

Após declarações de procurador, jornal vê Platini em perigo.


Após declarações de procurador, jornal vê Platini em perigo.
A situação de Michel Platini, atual presidente da Uefa (União das Federações Europeias de Futebol), para concorrer à presidência da Fifa, está muito complicada. 

Isso é o que afirma o jornal francês "L’Equipe", que estampa o ex-craque em sua capa nesta quarta-feira, sob o título: "Platini em perigo".
A postura pessimista em relação ao dirigente é adotada depois da entrevista do procurador-geral da Suíça, Michael Lauber, publicada pelos franceses nesta terça-feira. 

O procurador afirma que Platini é "testemunha e acusado" na investigação sobre o pagamento de US$ 2 milhões (cerca de R$ 8,2 milhões) que o francês recebeu de Joseph Blatter, presidente da Fifa, em 2011.


- Não fizemos questionamentos ao Sr. Platini como uma testemunha. Estamos investigando-o, algo entre testemunha e acusado - afirmou Lauber.
Por esta acusação, Platini poderá ser investigado pelo Comitê de Ética da Fifa, podendo ser suspenso de suas atividades relacionadas à entidade, além de perder o direito de concorrer ao cargo de presidente da mesma, prevista para ocorrer em fevereiro do ano que vem.
Platini é acusado de receber a quantia em dinheiro do presidente da Fifa de forma irregular. Porém, o francês afirma que o dinheiro foi referente a um trabalho prestado por ele à entidade entre os anos de 1999 e 2000. 

O dirigente não diz, porém, quais foram estes serviços. 

A Justiça suíça suspeita que o dinheiro teria sido um suborno para que o francês desistisse de ser candidato à presidente da Fifa, facilitando assim mais uma reeleição de Blatter. 

O procurador-geral da Suíça não quis comentar as justificativas de Platini para o caso.


- Se eu estou satisfeito ou não [com as respostas de Platini), eu não posso dizer agora porque poderia causar sério dano às investigações - disse Lauber, não descartando uma vistoria na sede da Uefa, que fica em Nyon, também na Suíça:
- Eu farei qualquer coisa para descobrir a verdade neste caso. E, se eu tiver elementos suficientes para fazer isso, não deixarei de ir até lá.

post: Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Com uma insaciável curiosidade pela cultura, elas são intelectuais, elegantes, sedutoras e lindas.


Com uma insaciável curiosidade pela cultura, elas são intelectuais, elegantes, sedutoras e lindas, além de misteriosas, te levando até as profundezas da noite só com seu olhar.
Curta ai.









































post: Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

Aqui não basta ser bonitinho, tem que ter muito estilo, personalidade, atitude e se garantir.


Aqui não basta ser bonitinho, tem que ter muito estilo, personalidade, atitude e se garantir. A(s) tattoo(s) podem até não aparecer, mas faz parte da vida destes caras com muito para mostrar.

É uma filosofia de vida.




































post: Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►