Seja bem vindo ao Blog do Marcelo Ferla

Informativo

Sempre gosto de lembrar aos leitores que este blog tem como intenção trazer à tona a informação, o conhecimento e o debate democrático sobre os assuntos mais variados do nosso cotidiano, fazendo com que todos se sintam atualizados.

Na medida em que você vai se identificando com os assuntos, opine a respeito, se manifeste, não tenha medo de errar, pois a sua opinião é de suma importância para o funcionamento e a real função deste espaço, qual seja, a de levar a todos o pensamento e a reflexão.

O diálogo sobre o que é escrito aqui e sobre o que vem acontecendo ao nosso redor é muito mais valioso e poderoso do que podemos imaginar.

Portanto, sinta-se em casa, leia, informe-se e opine. Estou aqui para opinar, dialogar, debater, pensar, refletir e aprender. Faça o mesmo.

Pesquisa

Custom Search

Calendário

domingo, 20 de junho de 2010





Para descontrair, já que a Copa do Mundo não vem sendo lá daquelas.

Confesso a vocês que adoro crianças, apesar de ainda não ter filhos . Em um mundo onde a maior parte do que presenciamos são coisas nada agradáveis, cenas como estas devem ser valorizadas e só podem ser proporcionadas por crianças.







Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Imagens




Olha só o que estes felinos fazem quando seus donos não estão em casa:





Agora imagine o que o seu não deve faer quando você não está em casa?


Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Frases






















"Uma mentira pode dar a volta ao mundo, enquanto a verdade ainda calça seus sapatos" 

M.Twain
Continue Lendo... ►

Imagens



Nada como a sabedoria e a sinceridade das crianças.

Marcelo Ferla

Continue Lendo... ►

Falando Nisso!!!



















Falando Nisso!!!


Foi anunciado ontem ainda a contratação de 1.273 funcionários, todos terceirizados e das mais distintas funções, para prestarem seus serviços ao Senado Federal, a um custo anual, vejam vocês, de R$ 17 milhões de reais por ano.

Porém, a notícia mais superultramegapowersurpreendente que se teve hoje, foi a declaração do presidente da casa, José Sarney, nosso velho conhecido, de que não tinha este, conhecimento de tais contratações, atribuindo tal competência, a de contratar, a primeira-secretaria do Senado.

O que me surpreende mais ainda, muito mais, do que ter lido isso é o fato de, pensando aqui com meus botões, haver a capacidade que estes indivíduos realmente tem em suas ricas cabecinhas cheias de cocô de pombo, portanto insanas de que o povo não está lendo e vendo coisas desse tipo e que em sendo assim, a coisa ainda funciona como na época em que não tinhamos tanto acesso a informações. Será mesmo isso possível? Sim, lhes respondo. Eles só podem pensar isso, não consigo elaborar outra conclusão, mesmo que ela exista.

Vamos supor que o petróleo que está vazando no Golfo do México a incríveis 12 a 19 mil barris por dia (total até agora e barris despejados, entre 500 e 900 mil) se transformassem, em um piscar de olhos, em óleo de peroba. Mesmo assim, não conseguiriamos com este produto detetizar todos os malditos nos livrando deles de uma vez por todas.  Eles são uma praga, uma praga egípcia. Eles realmente são uns sem noção, coitados.


Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

domingo, 6 de junho de 2010

Falando Nisso!!!


























Falando Nisso!!!


Finalmente a Lei da Ficha Limpa foi sancionada pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e passará a vigorar a partir de Segunda-feira. Mas a sanção dessa lei, bem como a sua entrada em vigor, geram dúvidas na minha cabeça e estas, confesso a vocês desde já, não são nada boas. 

Inicialmente, não me agrada a ideia de que já haja dúvidas por contas dos elaboradores da lei, se esta passará a atingir de imediato os concorrentes as eleições que estão por vir ou se não atigirão. A idéia é que esta atinja somente candidatos já condenados e aós a entrada em vigor da lei.  Está mal isso.

Acho que neste ponto já começa mal a coisa toda, pois esta iniciativa, retroativa  e contra a força que a lei deve ter, torna uma boa lei numa péssima lei, o que já é hábito em nosso país, infelizmente. 

Sejam descentes uma vez na vida e tenham bom senso legisladores.

Já que a lei foi sancionada e começa a vigorar na Segunda-feira, essa deve ser aplicada a partir do seu vigor, questão óbvia.  Mas claro, o texto legal tem sus garantias "somente após a entrada em vigor da lei".

Independentemente disto, acho que não há o porque de poupar os candidatos de tal prova de fogo, devendo estes, que já poderiam ser atingidos por tal lei, prestarem exemplo aos demais, fortalecendo a aplicação e fiscalização da mesma. Mas não.

Essa é a minha opinião e garanto que não estou sozinho, mas será este o entendimento  dos legisladores e parlamentares? Óbvio que não, e por um simples motivo, a teia da qual a grande aranha se alimenta de suas vítimas é muito grande.

O fato de já haver questionamentos a respeito do texto da lei e de sua aplicação, dúvida esta, devo alertar, que legalmente não deveria existir, sim, porque sancionada e vigente ela já existe é válida e eficaz, ou seja, trata-se de um ato jurídico perfeito, pronto para ser aplicado, mas ela não foi feita assim, possui um "depois de". Ou não, estamos falando de uma lei que foi sancionada, entra em vigor nessa semana que já se iniciou, mas que não se sabe se terá eficácia a partir deste dia? Não, não e não, não terá como deveria ser. Deus, meu Deus, devemos ter cara e movimentos de palhaços de circo.

Mais uma vez, levanto minha voz em protesto aqui no Blog , na forma de manifesto, no sentido de que teremos mais uma lei que começa mal, provavelmente será mal aplicada ou nem isso, não será fiscalizada e não gerará seus ideais efeitos jurídicos.

Faz-se necessário que esta lei realmente funcione, realmente seja aplicada de forma e com texto correto, desde já, pois já possuí todos os quesitos legais para sua funcionalidade, menos o "somente depois" . Não  sei, estou preocupado com o fato em si.

Mesmo assim, vejamos se ainda podemos contar e construir um país que tenta, penosamente, ir para o seu devido lugar, penosamente não por conta de seu povo, mas por conta desses que elaboram as leis e ao que parece, logo depois a esta,  já se encontram em estado de arrependimento, como um tiro que sai pela culatra, algo do tipo, "nossa não deveria ser tão sério assim."

Para tal, nós brasileiros devemos fazer com que esta lei faça valer a pena, não devemos votar em quem tem problemas legais de qualquer ordem antes ou depois, não importa, devemos exigir aos meios de comunicação que não sejam politiqueiros e mostrem quem está com a ficha suja hoje, não amanhã, para que toda a sociedade brasileira retire essa máscara que protege estes homens que se favorecem as custas de um povo que luta, trabalha, vive e, principalmente, sobrevive.
Uma sociedade é a maior responsável pela construção de um país, de uma Nação, é ela quem dita as regras, derruba presidentes, ditadores, acaba com guerras, diferenças raciais e, nós brasileiros, precisamos saber disto, acreditar nisto e a partir disso nos habituarmos a fiscalizar e reivindicar uma sociedade mais justa e mais presente em nossas vidas por meio de suas instituições.

Vamos aprender a reclamarmos pelo que é nosso e não de um bando de desajustados , incoseqüentes e aproveitadores, ou melhor, covardes, covardes é mais apropriado.

Marcelo Ferla
   

Continue Lendo... ►

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Imagens


Aí vão algumas imagens muito divertidas que encontrei na net, boa diversão.














Espero que tenham gostado.

Marcelo Ferla
Continue Lendo... ►

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Diferenças em campo











O amistoso da Seleção Brasileira hoje pela manhã, serviu de preparação para um país acostumado a essa competição chamada Copa do Mundo. Já para o adversário, serviu como fonte de alegria e de orgulho em ser anfitrião de uma potência do futebol, bem como de um dos protagonistas desse evento global que está por vir. 

Depois dessa  introdução deve-se observar uma outra faceta desse jogo, qual seja, a de que estavamos diante de dois países acostumados com grandezas. Zimbábue? grandeza? Sim.

De um lado, tinhamos o Brasil, país que já passou por um período inflacionário (há quem diga que ainda há uma inflação mascarada) e que hoje vêm ocupando um espaço importante nos noticíarios internaconais, podendo ser, quem sabe, uma das potências emergentes que o G8 terá que engolir mais cedo ou mais tarde, estando dentre estes, juntamente com o Brasil a China, Índia e Rússia.  Diz estar bem economicamente, pagou a dívida com o FMI, está emprestando dinheiro ao invés de pedir emprestado, ou seja, estamos por cima. Será?

O outro tem sua grandeza na miséria, na desgraça. Possuí uma inflação que em Novembro de 2008 chegou a impressionantes 516 quiquilhões, difícil de imaginar quanto é um quiquilhão, eu não consigo imaginar, só sei que é muito pelo "lhão" no final da palavra. Também é um país que possuí uma nota emitida de 100 trilhões de dólares zimbabuanos. Realmente surreal tudo isso. Mas não se estivermos falando em África. 

Definitivamente, o que mais me impressiona quando falamos em termos de África é a disparidade de nossas vidas aqui no Brasil em relação ás pessoas, cidadãos africanos e o esquecimento  letárgico em que nos colocamos nos demais dias de nossas vidas em que não nos deparamos com conflitos ou problemas sociais e políticos que ocorrem nesse continente, ou seja, para nós ou a maioria de nós, só há África quando vemos um noticiário ou documentário sobre a extinção do Rinoceronte Branco ou quando há conflito político  militar no continente por meio de alguns dos países que compõem o continente. Enfim, na maior parte das vezes, nada do que vem de lá é bom, ou não querem que seja.

Confesso que isso ocorre comigo também, essa ignorância, e tento, na medida do possível, fazer com que seja diferente, mas  na maior parte das vezes não obtenho sucesso, como aliás, deve ocorrer com a maioria dos cidadãos do mundo, ou seja, manter um contato maior com esta realidade é um desatre, uma desfeita, talvez decorrente de um ato falho de me manter distante de mais problemas além dos que possuo em minha vida pessoal, algo egoísta, que é de todos nós.

Esse é, provavelmente, o maior motivo que faz com que todos nós ainda nos espantemos quando deparamo-nos com situações de miserabilidade semelhantes a estas que encontramos quando de acontecimentos graves em locais como o Zimbábue.

Espero realmente que essa copa inédita no continente africano, não beneficie tão somente a África do Sul, mas seus vizinhos também, como é o caso de Zimbábue, que faz fronteira com o país sede da copa.

Isso se faz necessário e urgente, pois nossos irmãos que se encontram no continente de onde todos nós surgimos, o berço da humanidade, seja tratado como tal e não como um local onde pessoas estravagentes vão tão somente para ver zebras e leões em safaris mil. 


Marcelo Ferla     
Continue Lendo... ►